Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287975
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Influencia de antinflamatorios (esteroides e não esteroides) sobre a secreção gastrica de ratos
Author: Dellias, Marcelo Ricardo Azevedo
Advisor: Veiga, Maria Cecília Ferraz de Arruda, 1953-
Abstract: Resumo: Trabalhos têm relacionado antiinflamatórios com alterações gástricas. Este trabalho foi realizado com o intuito de verificar a influência de antiinflamatórios esteróides (betametasona) e não esteróides (indometacina e diclofenaco de potássio) sobre a secreção gástrica de ratos. Quarenta ratos (Wistar), machos com 120 dias de idade, pesando em média 380g, foram submetidos a jejum de 72 horas, e a seguir anestesiados com éter, e submetidos à ligação do piloro e administração oral (intragástrica) de 0,5ml de soro fisiológico; 0,5ml de solução de indometacina (3mg/kg de peso); 0,5ml de solução de diclofenaco de potássio (2mg/kg de peso); O,5ml de solução de betametasona (O,5mg/kg de peso) respectivamente Grupos I, li, 111 e IV. Após 4 horas, os animais foram sacrificados e o estômago removido para coleta do suco gástrico, no qual foram avaliados os seguintes ítens: pH, volume, acidez livre, acidez total e atividade péptica. Resultados: Volume (ml) e pH: G-I ,01 e 1,44); G-II (8,08 e 1,08); G-III (6,83 e 1,27); G-IV (4,53 e 1,82; acidez livre e total (J.lEq/4h): G-I (434,75 e 572,34); G-II (907,26 e 1021,72); G~III (736,39 e 830,83); G-IV (339,15 e 458,17*); Atividade Péptica (UE/4h): G-I (6,32); G-II (4,21 *>. G-III(6,51); G-IV (5,24*>. Estatísticamente significativo em relação ao controle (50/0 ) - 1 UE = 0,2/-1 de pepsina. A indometacina interferiu na secreção ácida do estômago, induzindo um aumento significativo da acidez livre/total, e conseqüentemente, uma redução de pH e uma inibição da atividade péptica. A betametasona, da mesma forma afetou a secreção gástrica, induzindo um aumento de secreção ácida do estômago porém, em menor grau que a indometacina, e não interferiu na atividade péptica. Por outro lado o diclofenaco de potássio, não alterou a atividade péptica nem o volume de suco gástrico, mas a Urylentou, significativamente, o pH, indicando menor secreção ácida, embora a redução da acidez livre e total não tenha sido significativo em relação aos controles

Abstract: In an attempt to check the influence of anti-inflammatory on gastric alteration, a lot of work has been done. The present study was undertaken to verify the influence of steroidal (betametasone) and nonsteroidal (indomethacin and diclofenac of potassium) anti inflammatories on gastric secretion. Forty male rats (Wistar), with 120 days of age, weighting 380 g, were deprived of food but allowed free access to tap water for 72 hours. After that, they were anesthesiated with eter, and submitted not only to an operation to join their pyloros, but also to an oral admnistration (intragastrically) of 0,5ml of physiological serum; 0,5ml of indomethacin solution (3mg/kg of weight); 0,5ml of diclofenac of potassium solution (2mg/kg of weight); 0,5ml of betametasone solution (0,5mg/kg of weight); respectively Groups I, 11, 111 and IV. After 4 hour, the animais were sacrificed, their stomachs were removed, and the gastric juice was colected to be analysed second the following itens: pH, volume, free acidity, total acidity and peptic activity. Results: Volume (ml) and pH: G-I (5,01 and 1,44); G-II (8,08* and 1,08
Subject: Estomago - Secreções
Drogas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: DELLIAS, Marcelo Ricardo Azevedo. Influencia de antinflamatorios (esteroides e não esteroides) sobre a secreção gastrica de ratos. 1997. 95f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287975>. Acesso em: 21 jul. 2018.
Date Issue: 1997
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dellias_MarceloRicardoAzevedo_M.pdf2.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.