Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287919
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Estudo comparativo dos venenos de escorpiões tityus bahiensis e tityus serrulatus e serrulatus e de suas principais toxinas
Author: Gregio, Ana Maria Trindade
Advisor: Fontana, Marcos Dias, 1945-
Abstract: Resumo: O presente trabalho relata uma comparação entre as duas principais espécies de escorpião de importância médica: T. serrulatus e T. bahiensis. O estudo dos acidentes escorpiônico é muito importante devida sua gravidade e freqüência que ocorrem. O estudo comparativo dos venenos de escorpião T. bahiensis e T. se"ulatus foi dividido em duas partes. Primeiramente o estudo farmacológico em preparações isoladas (preparação nervo frênico-diafragma de rato, aurícula isolada, biventer cervicis de pintainho), além de pressão arterial de rato e dose mediana letal em camundongos. Nestes experimentos utilizou-se o veneno de T. serrulatus e T. bahiensis nas mesmas doses para estabelecer uma comparação de seus efeitos. A segunda parte do trabalho: estudos bioquímicos com estes venenos. Foi realizado estudos sobre atividades enzimáticas destes venenos (atividade proteolítica e hialuronidásica) e o fracionamento destes venenos através de cromatografia por gel filtração. Os principais picos destes fracionamentos foram testados em preparação nervo frênico-diafragma de rato, para verificação da atividade neuromuscular destas frações. Em preparações isoladas nervo frênico-diafragma de rato e preparação de biventer cervicis de pintainho os venenos comportaram-se de maneira semelhante, na preparação de aurícula isolada de cobaia e pressão arterial de rato pode-se constatar uma discreta diferença para o veneno de T.bahiensis, este promovia uma bradicardia e hipotensão mais acentuadas do que o veneno de T. se"ulatus. Além disso, em preparações nervo frênico diafragma de rato onde foi analisado a atividade dos venenos sobre os "twitches " o veneno de T. bahiensis demonstrou ser mais ativo nas preparações que haviam sido previamente Icurarizadas (d-Tc 14,6 11M), pois induziu o aparecimento de contraçoes espontâneas e aumento no tempo de relaxamento. Em termos de letal idade o veneno de T. se"ulatus mostrou-se mais potente que o veneno de T.bahiensis, também revelou ser mais potente no antagonismo do bloqueio neuromuscular em preparações curarizadas pela d-Tc (1 ,46 11M). A atividade hialuronidásica demonstrou níveis parecidos para ambos venenos, o que leva a crer que os venenos em estudo tenham um bom fator de difusão nas membranas. Quanto à atividade proteolítica, não foi encontrada nos dois venenos. O perfil do fracionamento foi diferente para ambos venenos, porém suas frações reproduziram os mesmos efeitos: aumento na amplitude das contrações, contrações espontânes, contraturas e bloqueio neuromuscular. Todos estes efeitos também foram visualizados com o veneno total. Nossos resultados sugerem que, as duas espécies de escorpião possuem uma taxonomia relativa, porém contém toxinas diferentes que exercem efeitos farmacológicos similares sobre preparações neuromusculares

Abstract: T. bahiensis and T.serrulatus are the main scorpion species involved in envenomations in the Brazil, the latter being the more widely distributed. Clinically, envenomations by T. serrulatus is more serious than that by T. bahiensis. In this thesis, the lethal and neurotoxic activities of venoms from these two species were compared. Male Swiss withe mice (18-20 g) were used to determine the Lv. LDso of the venoms and the rat phrenic nerve-diaphragm preparations was used to examine the neuroxic activity. The LDso for T. bahiensis and T. serrulatus venom was 0,72 (95% CI: 0,68 -0,75) mg/Kg and 0,54 (95% CI: 0,45-0,64) mg/Kg, respectively. In phrenic nerve-diaphragm preparations, both venoms (2,5 _g/ml) produced similar responses, namely, na increase in contraction amplitude and in the number of fasciculations, as well as mucle contracture followed by neuromuscular blockade. Similar effects were observed for the two venoms in the chik biventer cervicis neuromuscular preparation. T.serrulatus venom completely reverted the neuromuscular blockade produced by d-tubocurarine (d-Tc 1,46 M) in 35,0.:!: 1,8 min and 18,0.:!: 1,2 min at the concentrations of 2,5 _g/ml and 5 _glml, respectively. At these same concentrations, T. bahiensis venom produced only partial reversal after 60 mino Both venoms (100-600_g/Kg) produced marked alterations in the blood pressure of anesthesized rats, including hypo- and hypertensive responses as well as bradycardia. The latter effect was also observed in guinea-pig isolated atria. In both of these preparations, T. bahiensis venom was moe potent than T.serrulatus venom. The fractionation of T. bahiensis and T.serrulatus venoms by gel filtration on Superdex 75 resulted in 13 na 12 peaks, respectively. Ali peaks were tested neuromuscular activity in the isolated phrenic nerve-diaphragm preparation. Several peaks increased the amplitude of the contractions in indirectly stimulated preparations and produced neuromuscular blockade and fasciculations, as well as spontaneous muscle contractions. In general, the venoms of T. bahiensis and T. serrulatus produced similar pharmacological effects but differed in potency. Since Tityus scorpions venoms contain a variety of alfa and beta neurotoxins with marked neuromuscular activity, the differences seen between these two venoms may reflect variation in their content of these toxind or may indicate the presence of novel toxins with similar pharmacological effects on the mammalian neuromuscular junction
Subject: Junção neuromuscular
Toxicologia
Farmacologia
Neurotoxicologia
Bioquímica - Experiências
Escorpião - Veneno
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gregio_AnaMariaTrindade_D.pdf2.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.