Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287912
Type: TESE
Title: Avaliação do desenvolvimento in vitro de carie secundaria em esmalte e dentina radicular adjacentes a restauração metalica cimentada : comparação entre cimento de ionometro de vidro modificado por resina e cimento de fosfato de zinco
Author: Shinkai, Rosemary Sadami Arai
Advisor: Del Bel Cury, Altair Antoninha, 1948-
Abstract: Resumo: A cárie secundária é apontada como a principal causa de fracasso de restaurações fixas indiretas. Materiais que liberam flúor têm sido recomendados para pacientes com alto risco à cárie, mas não há evidências conclusivas sobre seu efeito em próteses fixas. Este trabalho avaliou a influência do cimento de ionômero de vidro modificado por resina no desenvolvimento in vitro de cárie em esmalte e dentina radicular adjacentes a restauração metálica cimentada, em comparação com o cimento de fosfato de zinco. A parte cervical (coroa-raiz) de 12 terceiros molares humanos foi seccionada em 4 blocos, que foram aleatoriamente divididos em 4 Grupos (n=12; 1 bloco de cada dente/grupo): FZ (restauração cimentada com cimento de fosfato de zinco), IV (restauração cimentada com ionômero de vidro modificado por resina), C 1 (controle negativo - sem restauração e sem ciclagem de pH) e C2 (controle positivo - sem restauração e com ciclagem de pH). Em FZ e IV, restaurações metálicas foram cimentadas em preparos cavitários feitos no limite coroa-raiz. Os grupos FZ, IV e C2 foram submetidos à ciclagem de pH (7 h em solução desmineralizante e 17 h em solução remineralizante), a 37°C, durante 8 ciclos. Todos os blocos foram seccionados, embutidos em resina acrílica e polidos. A leitura da microdureza Knoop do esmalte e da dentina radicular foi realizada em profundidade (em relação à superficie dental) de 20, 40, 60 e 80 'mu 'm e em distância (a partir do preparo cavitário) de 20, 120 e 220 'mu 'm. A partir dos valores de dureza, foram obtidos os valores de perda mineral. A análise estatística foi realizada por ANOVA, teste de Tukey (nível de significância de 5%) e análise de regressão. Os Grupos FZ, IV e C2 apresentaram desmineralização em relação a Cl, sendo mais superficial em esmalte que em dentina radicular. Em dentina radicular, a perda mineral de FZ e IV foi menor que a de C2. Em relação à distância da restauração, não se verificou influência da interface denterestauração. Não houve diferença significativa entre os dois tipos de cimento quanto àdureza e perda mineral em ambos os substratos dentais

Abstract: Secondary caries is reported as the main cause of failure of indirect restorations. MateriaIs with fluoride release have been recommended for patients with high risk of caries but there are no conclusive evidences of their effect on fixed prostheses. This study evaluated the influence of a resin-moditied glass ionomer cement on in vitro caries development in enamel and root dentin around metallic restoration. The cervical portion (crown-root) of twelve third molars were sectioned in four blocks, which were randomly divided into four Groups (n=12; 1 block from each tooth/group): FZ (restoration luted with zinc phosphate cement), IV (restoration luted with resin-modified glass ionomer cement), Cl (negative control - no restoration and no cycling), and C2 (positive control - no restoration and cycling). In FZ and IV, metallic restorations were luted at crown-root junction. FZ, IV and C2 were submitted to a pH-cycling model (7 h in a demineralizing solution and 17 h in a remineralizing one for 8 cycles) at 37°C. All blocks were sectioned, embedded in acrylic resin and polished. Enamel and root dentin demineralization were evaluated through cross-sectional microhardness Knoop measures taken at 20, 40, 60, and 80 'mu 'm of depth (from the outer surface), and at 20, 120, and 220 'mu'm of distance from the cavity margins. Mineral loss values were calculated from Knoop hardness numbers. Data were analysed by means of ANOVA Tukey's test (at 5% level of significance) and regression analysis. Groups FZ, IV and C2 showed demineralization in relation to Cl, which was more superficial in enamel than in root dentin. In root dentin, mineralloss in EZ and IV waS smaller than in C2. Distance from the cavity margins was not significant. There was no difference between resin-modified glass-ionomer cement and zinc phosphate cement concerning artificial secondary caries development in both dental substrates
Subject: Prótese dentária
Cimentos dentários
Cárie dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Shinkai_RosemarySadamiArai_M.pdf6.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.