Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287808
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação do selamento dentinário e resistência de união de sistemas adesivos
Title Alternative: Evaluation of dentin sealing and bond strength of adhesive systems
Author: Sá, Renata Bacelar Cantanhede de, 1981-
Advisor: Giannini, Marcelo, 1969-
Abstract: Resumo: Os objetivos neste trabalho foram avaliar a Resistência de União (RU) e a Capacidade de Selamento (CS) de sistemas adesivos na dentina, em 2 tempos de estudo: inicial e após 6 meses de armazenamento em água. Para avaliação da CS, foram selecionados 20 incisivos bovinos hígidos. Na porção coronária vestibular foram realizados preparos do tipo faceta, expondo a dentina superficial e garantindo que todo o término do preparo se situasse em esmalte. Os dentes foram conectados ao dispositivo de medição da condutância hidráulica e mensurados sob pressão de 10 psi, na presença da smear layer (mínima). Após tratamento com EDTA, os dentes tiveram outra leitura da permeabilidade (máxima). Em seguida, os adesivos Scotchbond Multi-Purpose (3M ESPE); Adper Easy Bond (3M ESPE); Bond Force (Tokuyama) e G-Bond Plus (GC Corp.) foram aplicados no preparo e nova mensuração da permeabilidade foi realizada e determinada para cada adesivo. Os dentes foram armazenados por 6 meses em água e novamente submetidos ao teste. As mensurações registradas foram expressas em % de selamento dentinário em relação à permeabilidade máxima. Para avaliação da RU, foram selecionados 40 incisivos bovinos hígidos. A superfície vestibular foi desgastada com lixas de Carbeto de Silício (SiC) (180 e 600) para exposição da dentina deixando-a com espessura remanescente de 1,0 a 1,5 mm. Os mesmos adesivos utilizados na avaliação da CS foram testados. Os dentes foram restaurados e preparados para o ensaio de microtração. Os espécimes foram testados em máquina de teste universal EZ Test (Shimadzu Co.) após 24 horas da confecção da restauração ou após seis meses de armazenamento em água. Os dados obtidos em ambas metodologias foram submetidos à Análise de Variância (2 fatores) e teste de Tukey (a = 0,05). A CS produzido pelos adesivos autocondicionantes foi superior em relação ao adesivo SBMP em ambos tempos de avaliação (imediata e 6 meses) e não mostrou diferença significativa entre os adesivos autocondicionantes. Nenhum sistema adesivo apresentou redução da RU após 6 meses de armazenamento em água. Porém, o adesivo G-Bond Plus apresentou menor valor de RU que os demais adesivos e em ambos os tempos de avaliação. Os sistemas autocondicionantes de passo único obtiveram melhor CS, sendo que essa CS teve redução significativa após 6 meses de exposição direta do adesivo em água para todos os materiais avaliados. A RU à dentina dos sistemas adesivos não reduziu com o armazenamento em água, e o adesivo G-Bond Plus teve o menor valor de RU em ambos os tempos avaliados

Abstract: The aim of this study were to evaluate the sealing ability (SA) and the bond strength (BS), following two evaluation times (immediately and after 6 months of water-storage). For SA analysis, twenty sound bovine incisors were used. Laminate cavity preparations were made on buccal surfaces, exposing the superficial dentin surrounds by enamel. The teeth were connected to permeability device to measure the initial hydraulic conductance at 10psi (minimal permeability with smear layer). Afterwards the teeth were treated with an EDTA solution and second measurement was taken (maximal permeability).The adhesive systems Scotchbond Multi-Purpose (3M ESPE), Adper Easy Bond (3M ESPE), Bond Force (Tokuyama) and G-Bond Plus (GC Corp.) were applied to the cavity preparations and the permeability was measured for each adhesive. The bonded teeth were water-storage for 6 months and the final measurement was taken. The SA were expressed in % dentinal sealing. For the microtensile bond strength study, 40 bovine incisors were used. The buccal surface were ground with SiC (180 and 600) to expose a flat dentin surface at thickness ranging from 1.0 to 1.5 mm The sames adhesives used in SA analysis were tested. The adhesive were applied to the dentin surface and the restored teeth were prepared for micro-tensile bond strength test using a universal testing machine EZ Test (Shimadzu Co.). SA and RU data were submitted to two-way ANOVA and Tukey test (a = 0.05). The SA promoted by self-etching adhesives was higher than SBMP and did not differ among them. No adhesive system showed a reduction of the BS after 6 months of water-storage. However, the G-Bond Plus adhesive presented the lowest BS among adhesives tested and for both evaluation times. The one-step self etching systems showed the highest SA and the SA for all adhesives was reduced after 6-months of direct exposing of adhesive layer to water. The BS to dentin of adhesives was not affected by 6-months of water-storage. The G-Bond Plus yielded the lowest BS for both evaluation times
Subject: Materiais dentários
Adesivos dentinários
Dentina
Permeabilidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SÁ, Renata Bacelar Cantanhede de. Avaliação do selamento dentinário e resistência de união de sistemas adesivos. 2011. 58 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287808>. Acesso em: 18 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sa_RenataBacelarCantanhedede_M.pdf957.53 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.