Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287766
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: O processo de construção conceitual-metodológica da PINTEC
Title Alternative: The conceptual and methodological design process of the Brazilian innovation survey (PINTEC)
Author: Silva, Diego Rafael de Moraes, 1990-
Advisor: Furtado, André Tosi, 1954-
Furtado, André Tosi
Abstract: Resumo: O surgimento da PINTEC no começo dos anos 2000 constituiu uma novidade radical em termos de mensuração da inovação no Brasil. Pouco, porém, se sabe sobre quais foram as motivações originais para a realização desta pesquisa no País e, em especial, quais foram os principais atores, interesses e visões de mundo por trás de tal consecução. Baseando-nos no entendimento de que o contexto de produção das estatísticas define, em certa medida, suas fronteiras de utilização, propomos na presente investigação um estudo acerca da gênese da PINTEC. Sustentamos que a PINTEC 2000, primeira edição desta pesquisa, assumiu uma configuração conceitual-metodológica que é fruto das escolhas provenientes do seu contexto de surgimento. Tais escolhas, por conseguinte, delineiam os limites e alcances das estatísticas e dos indicadores da PINTEC 2000, uma vez que elas, enquanto fundamentadas em determinados interesses e visões de mundo acerca do fenômeno a ser mensurado, privilegiam a mensuração de certos aspectos da inovação em detrimento de outros. Dada a notável relevância do Estado na produção e uso das estatísticas em geral e dos indicadores de CT&I em especial, partimos da hipótese de que os atores de políticas públicas desempenharam um papel de destaque no processo de construção da PINTEC, de modo que seus interesses e visões de mundo foram elementos fundamentais para a configuração conceitual-metodológica da pesquisa. Para retraçar as origens da PINTEC, realizamos entrevistas abertas com uma amostra intencional dos atores-chave envolvidos na construção da pesquisa, além, é claro, de discutir a trajetória histórica dos indicadores de inovação e dos modelos conceituais e metodologias que vêm ao longo dos anos fundamentando a sua mensuração. A partir das entrevistas, da revisão da literatura e dos documentos coligidos na presente investigação, evidenciou-se que a PINTEC é fruto de uma direta e incisiva demanda por parte do MCT, que, preocupado com a fragilidade acerca das estatísticas nacionais acerca do dispêndio privado em C&T e, especialmente, em P&D, propõe no final dos anos 1990 ao IBGE bancar financeiramente uma pesquisa de inovação no Brasil para poder contar com indicadores mais confiáveis sobre o setor privado. Observamos que, apesar de a principal demanda do MCT ser por indicadores de P&D empresarial, as discussões sobre a PINTEC evoluem, por meio de demandas de atores outros que aqueles provenientes do âmbito de política pública, em direção à realização de um survey de inovação, e não apenas um survey de P&D. A PINTEC 2000 assume, então, um modelo "híbrido", configurando-se como um survey de inovação com uma robusta seção acerca das atividades de P&D, que era a principal demanda do MCT. Verificamos, contudo, que tal modelo possui suas limitações, as quais, contudo, não impediram que a PINTEC 2000 gerasse importantes impactos em termos de produção de conhecimento e possibilidades de sugestões de políticas públicas e gestão empresarial no Brasil

Abstract: The Brazilian Innovation Survey (PINTEC) emergence in early 2000s was a radical novelty in terms of innovation measurement in Brazil. However, we know little about the original motivations for its execution and we especially know little about which were the main actors, interests and worldviews behind such execution. From the understanding that statistical production context defines to some extent statistical frontiers of utilization, we propose here a research about the PINTEC¿s genesis. We maintain that PINTEC adopted a conceptual and methodological configuration that is the result of choices from its genesis context. Such choices outlined the limits and reaches of PINTEC¿s statistics and indicators. Given the remarkable relevance of State in the production and utilization of statistics in general and STI indicators in particular, we start from the assumption that political actors played a key role in the design process of PINTEC, so that their interests and worldviews were fundamental elements for the survey conceptual and methodological configuration. We did unstructured interviews with an intentional sample of key actors involved in the survey design to retrace PINTEC¿s genesis, and besides we discussed the historical trajectory of innovation indicators and their conceptual models and methodologies. From the interviews, the literature review and documents collected we evidenced that PINTEC is the result of a direct and incisive demand from the Brazilian Ministry of Science and Technology (MCT), which was worried about the fragility of national statistics on private spent on S&T and especially on R&D. In the late 1990s, MCT thus proposed to the Brazilian Statistical Office (IBGE) to afford the financial means to the execution of an innovation survey in Brazil to count on more reliable indicators about the national private sector. We observed that despite the MCT main demand being on business R&D indicators, the discussions about PINTEC evolved to the design of an innovation survey and not only a R&D survey. Therefore, PINTEC adopted a `hybrid¿ model as an innovation survey with a robust section about R&D activities, which were the MCT main demand. However, we also verified that such model have its limitations, which, notwithstanding, did not impeded that PINTEC generated important impacts on knowledge production and possibilities of policy and management suggestions in Brazil
Subject: Pesquisa e desenvolvimento
Indicadores
Ciencia e tecnologia - Política
Inovação tecnológica - Brasil
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Diego Rafael de Moraes. O processo de construção conceitual-metodológica da PINTEC. 2015. 120 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287766>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_DiegoRafaeldeMoraes_M.pdf972.13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.