Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287736
Type: TESE
Title: Escola e produção de conhecimento sobre o lugar : a possibilidade de espaços de representação emancipatórios
Title Alternative: School and the production of knowledge about the place : the possibility of space representation emancipatory
Author: Nascimento, Cecília Maria Pinto do, 1978-
Advisor: Compiani, Mauricio, 1956-
Abstract: Resumo: Nesta pesquisa buscamos refletir sobre a possibilidade de estudantes, envolvidos em trabalhos educativos sobre o lugar/ambiente como principal fonte de investigação, produzirem representações contra-hegemônicas, verbais e não verbais, de temática socioambiental. Temos percebido que o contexto socioambiental atual sofre a influência de um tipo de representação não verbal, associada aos "discursos comportamentalistas" de Educação Ambiental, que descrevem as relações sociedade e natureza da ordem de uma humanidade genérica e a-histórica. Tais representações fazem uso de imagens da Terra para construir uma simbologia em torno da ideia de uma Terra em risco de morte para a qual é necessário um investimento heroico individual em mudanças de comportamento na esfera da vida cotidiana apontadas como solução para os problemas socioambientais. Estas representações utilizam um mecanismo ideológico que ofusca as questões principais em torno da questão socioambiental, e têm exercido hegemonia sobre os trabalhos educativos no contexto do lugar/ambiente. Assim, nosso trabalho se dividiu em dois momentos: dedicação teórica, que permitiu compreender a produção cultural no contexto das obras pós-modernas e propor uma categoria de análise denominada discursos heroicos para analisar representações não verbais de temática socioambiental; pesquisa qualitativa por meio de observação participante no contexto de um projeto colaborativo, com enfoque no lugar, entre escolas públicas de Campinas e institutos de ensino/pesquisa. Sob a base teórico-metodológica do materialismo histórico-dialético e da proposta da Pedagogia crítica do lugar/ambiente procuramos explicitar as relações causais entre o contexto específico e a totalidade da realidade social. Nossa perspectiva analítica está baseada em uma abordagem sócio-histórica do discurso na linha de Bakhtin e numa construção desta com os estudos da representação no cinema. Percebemos que o principal limite imposto à produção de representações contra-hegemônicas é a atuação dos discursos heroicos enquanto mecanismo da ideologia dominante produzido na estrutura social que procura manter as relações sociais capitalistas, em nosso caso específico, de um tipo de relação sociedade e natureza que compromete os recursos naturais segundo interesses econômicos e políticos. Como principal possibilidade destacamos a criação de espaços educativos de respeito ao educando, enquanto colaborador na produção de conhecimento escolarizado, e a imersão dos mesmos na realidade concreta discutida, seja pelo fato de serem eles sujeitos desta realidade seja pelo movimento de ir ao encontro dos sujeitos imersos na realidade estudada. Assim, novas representações do lugar e das relações sociedade e natureza surgem em forma de crítica às relações sociais do capitalismo tardio que se materializam no lugar, mas não são originárias do mesmo, sendo produzidas em contextos societários mais amplos, para além do lugar

Abstract: In this research we reflect on the possibility of students involved in educational activities that have the place/environment is the main source of research, produce counter-hegemonic representations, verbal and nonverbal, social and environmental themes. We have noticed that the socio-environmental context is influenced by a kind of non- verbal representation, associated with "behavioral discourses" of Environmental Education, describing the society-nature relationship of generic and ahistorical human order. Such representations make use of Earth images to build a symbology around the idea of an Earth at death risk for which is necessary a heroic individual investment in behavior changes on the everyday life sphere, as a solution to environmental problems. These representations use an ideological mechanism that overshadows the main issues around the environmental matter, and have exercised hegemony over the educational work in the context place/environment. Thus, our work is divided into two stages: the theoretical dedication that allows us to understand cultural production in the context of postmodern works and the proposal of a category of analysis called heroic discourses to analyze nonverbal representations of socio-environmental theme; qualitative research through participant observation in the context of a collaborative project, focusing on the place of Campinas between public schools and research institutes. With the theoretical and methodological basis of Historical and dialectical materialism and studies in the field of critical Pedagogy of place/environment, seeking to specify causal relationships between a specific context and totality of social reality. Our analytical approach is based on a socio- historical approach to discourse in Bakhtin and a construction of this line with the studies of representation in cinema. We realized that the main limit imposed on the production of counter-hegemonic representations is the actions of heroic discourses while the dominant ideology mechanism produced in the social structure that seeks to maintain the capitalist social relations, in our case, a kind of relationship between society and nature compromise the natural resources according to economic and political interests. One likely scenario includes creating educational spaces of respect for the student, as a collaborator in the production of educated knowledge, and immersing themselves in the concrete reality discussed, by the fact that they are the subjects of this reality and to meet the subjects immersed in the studied situation. Thus, new representations of place and society-nature relationships arise in the form of criticism of the social relations of late capitalism , which materialize in place, but do not originate from the same , being produced in larger societal contexts, beyond the place
Subject: Pedagogia critica - Estudo e ensino
Representações
Emancipação
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nascimento_CeciliaMariaPintodo_D.pdf7.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.