Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287602
Type: TESE
Title: A internacionalização da P&D nas telecomunicações : os limitantes da atração de investimentos nas subsidiarias brasileiras das empresas multinacionais
Title Alternative: The internalization of P&D in telecommunications : the limiters to investment attraction to Brazilian subsidiaries of multinational companies
Author: Leal, Rodrigo Lima Verde
Advisor: Queiroz, Sérgio Robles Reis de, 1956-
Abstract: Resumo: Esta dissertação tem como objetivo central identificar os limitantes da inserção do Brasil na internacionalização das atividades de P&D no setor de telecomunicações. A primeira etapa da pesquisa visa caracterizar as atividades de P&D do setor e ilustrar em que medida ocorre sua internacionalização. As características das atividades de P&D do setor ¿ complexidade, modularidade e interoperabilidade ¿ conformam um potencial para a divisão do trabalho, o qual é posto em prática por alguns elementos: liberalização econômica e regulatória, mudanças na base de conhecimento, pressões competitivas e mudanças organizacionais. As evidências empíricas comprovam que o processo de internacionalização da P&D no setor realmente ocorre, mas também mostram que o mesmo está concentrado em poucos países, dentre os quais China e Índia vêm ganhando espaço. Estimulada pela pouca menção ao Brasil nesse processo, a segunda etapa da pesquisa inicia com um quadro que ilustra que a participação das subsidiárias brasileiras se dá de forma limitada e restrita, a qual se resume, em grande parte, a atividades de adaptação e desenvolvimento de produtos e a alguns nichos tecnológicos. Em seguida, dez fatores de atração de atividades de P&D são analisados a partir de elementos específicos do setor de telecomunicações e do contexto brasileiro. O resultado dessa análise é uma lista dos principais elementos que limitam a competitividade do Brasil nos fatores de atração de atividades de P&D. A partir daí, é feita uma discussão em torno da influência das dimensões do sistema setorial de inovação de telecomunicações ¿ campos científicos e tecnológicos, usuários, aplicações, demanda, atores, redes e instituições ¿ sobre os fatores de atração de atividades de P&D, mostrando que os mesmos estão inter-relacionados. Pode-se concluir que os ativos tecnológicos ¿ como mão-de-obra qualificada e existência de institutos de pesquisa e de ensino superior ¿ e os ativos mercadológicos ¿ como tamanho e potencial de crescimento do mercado ¿ são os principais determinantes dos limites da competitividade brasileira na atração por investimentos em P&D. Finalmente, surgem duas grandes implicações para a formulação de políticas públicas voltadas à atração desse tipo de investimento. É imprescindível (i) a existência de políticas públicas voltadas à atração de P&D para o Brasil e (ii) seu foco deve ser o fortalecimento dos ativos tecnológicos, primariamente, e dos ativos mercadológicos

Abstract: This dissertation has the main objective of identifying the limiters to Brazil's inclusion in the internationalization of R&D activities in the telecommunications sector. The first stage of the research seeks to characterize R&D activities in the sector and to illustrate at what level this internationalization occurs. The characteristics of R&D activities in the sector ¿ complexity, modularity and interoperability ¿ create a potential for the division of work, which is put into practice by a few elements: regulatory and economic liberalization, changes in the knowledge base, competitive pressure and organizational changes. Empirical evidence confirms that the process of R&D internationalization really occurs, but also shows that it is concentrated in a few countries, of which China and India are gaining room. Stimulated by few references to Brazil in this process, the second stage of this research begins with a picture, which illustrates that the participation of Brazilian subsidiaries takes place in a limited and restricted way, which adds up, in great part, to product development and adaptation activities and to a few technological niches. Following that, ten attraction factors of R&D activities are analyzed from specific elements of the telecommunications sector and of the Brazilian context. The result of this analysis is a list of the main elements that limit Brazil's competitivity in the attraction factors of R&D activities. From there, there is a discussion regarding the influences of the dimensions of the telecommunications sectoral system of innovation ¿ scientific and technological fields, users, applications, demand, actors, networks and institutions ¿ on the attraction factors of R&D activities, showing that these are interrelated. The conclusion from this, is that technological assets ¿ such as qualified labor and the existence of research and educational institutes ¿ and market-related assets ¿ like market size and its growth potential ¿ are the main determinants of the limits of Brazilian competitivity in the attraction of R&D investments. Finally, two implications for public policies related to the attraction of this type of investment are brought up. It is indispensable (i) the existence of public policies dedicated to the attraction of R&D to Brazil and (ii) its focus must be the strengthening of technological assets, primarily, and market-related assets
Subject: Investimentos estrangeiros
Empresas multinacionais
Telecomunicações
Globalização
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Leal_RodrigoLimaVerde_M.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.