Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287595
Type: TESE
Title: Análise de modelos gerenciais para institutos públicos de pesquisa e desenvolvimento
Title Alternative: Analysis management model for public research and development institutes
Author: Ribeiro, Valeria Cristina dos Santos, 1969-
Advisor: Salles Filho, Sérgio, 1959-
Filho, Sergio Luiz Monteiro Salles
Abstract: Resumo: Nos últimos 30 anos, os institutos públicos de pesquisa - nacionais e internacionais - vêm enfrentando desafios relativos à busca por recursos financeiros competitivos, crescente competição pela mão de obra qualificada, surgimento de novos campos do conhecimento, alterações nas políticas que definem o papel do Estado, riscos e oportunidades decorrentes de uma maior abertura para o ambiente externo, entre outros. Para melhor inserção nesse novo contexto, os institutos têm adotado estratégias como mudança no formato jurídico, modificações em seus organogramas e implantação de políticas ativas de relacionamento com o meio. Neste contexto de incerteza e em decorrência do aumento na complexidade dos sistemas, devido à ampliação e sobreposição de papeis antes bem delineados, a literatura procura demonstrar as atividades que são desenvolvidas pelos institutos públicos de pesquisa e desenvolvimento (IPPs), principalmente nos países de economia altamente desenvolvida, como forma de estabelecer o papel dessas organizações dentro dos Sistemas Nacionais de Inovação (SNI), buscando estabelecer a inter-relação entre os três principais atores (universidades/IPPs, governo e indústrias). Os IPPs têm dinâmica própria, suas estruturas, funções e desempenho são diversos entre os países, e suas atividades variam de acordo com sua missão e área de conhecimento em que atuam, com conhecimentos e competências específicas. Alguns institutos executam pesquisa básica, aplicada e desenvolvimento experimental em diferentes níveis, muitas vezes voltados, para o avanço do conhecimento, outras para o mercado e para a promoção de inovações. Também há outras funções que incluem a educação e a capacitação, transferência de tecnologia, a disponibilização de infraestrutura científica e o apoio a políticas públicas. Suas atividades podem ajudar as empresas privadas a expandirem suas capacidades e gerar repercussões para a economia, bem como atender a demanda do governo e da sociedade. Para isso, eles são dotados de trajetórias evolutivas, resultados de processos de aprendizagem e consonantes com a evolução científica e tecnológica em âmbito mais geral. Essas trajetórias são aproveitadas de formas distintas entre os IPPs. Mesmo aqueles sob um mesmo regime jurídico acabam por desenvolver trajetórias e modelos de gestão próprios. A presente tese pretende analisar como dois IPPs de um mesmo Ministério, sob o mesmo regime jurídico, desenvolvem modelos gerenciais bem diferentes, demonstrando que há espaços estratégicos, táticos e operacionais razoavelmente amplos para serem aproveitados pelos gestores. Discute-se ainda nesta tese a ideia de que as restrições do modelo jurídico do setor público brasileiro nem sempre são obstáculos de fato para o desenvolvimento institucional e organizacional dos IPPs

Abstract: Over the last 30 years, public research institutes - national and international - are facing several challenges related to the search of competitive funding, increasing competition for skilled labor, the emergence of new fields of knowledge, changes in policies that define the role of State, risks and opportunities arising from a larger openness to the external environment, among others. In order to insert better into this new context, the institutes have adopted strategies such as changing their legal format, modify their organization charts and deploy active policies of relationship with the environment. In this scenario of uncertainty and due to the increase of the systems complexity brought by the enlargement and overlapping of roles well delineated before, the literature seeks to demonstrate the activities that are undertaken by Public Research Institutes (PRIs), especially in countries with highly developed economies, as a way to establish the role of these organizations within the National Innovation Systems (NIS), and trying to underline the interrelationship among the main actors (universities, PRIs, government and industry). The PRIs have their own dynamics, their structures, functions and performance are different among countries, and their activities vary according to their mission and area of expertise, with specific knowledge and skills. Some institutes are devoted to basic or applied research, and/or experimental development on different levels, often driving the advance of knowledge, or looking to the market, or in order to promote innovations. Likewise, there are also other functions that include education and training, technology transfer, provision of scientific infrastructure and support to public policies. Their activities can help the private companies to expand their capabilities leading to consequences to the economy, as well as attending demands of government and society. In order to do this, they are endowed with evolutionary trajectories, resulting from the learning processes and in consonance with scientific and technological developments in a more general context. These trajectories are exploited in different ways among PRIs. Even those under the same legal format may develop different trajectories and management models. This thesis aims to analyze how two PRIs, under the same Ministry, and under the same legal format, develop management models quite different, demonstrating that there are several strategic, tactical and operational routes to be taken by managers. It is also discussed in this thesis the idea that legal format restrictions on the model of the Brazilian public sector are not in fact obstacles for the institutional and organizational development of PRIs
Subject: Desenvolvimento organizacional
Institutos de pesquisa
Pesquisa e desenvolvimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ribeiro_ValeriaCristinadosSantos_D.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.