Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287506
Type: TESE
Title: Analise do processo de transferencia internacional de tecnologia na TV digital terrestre brasileira
Title Alternative: Analysis of international trnafer of technology process at Brazilian terrestrial digital TV
Author: Ogushi, Cristiane Midori
Advisor: Furtado, André Tosi, 1954-
Abstract: Resumo: A essência deste estudo consiste em explorar a capacidade de negociação do Brasil na aquisição de um sistema tecnológico complexo como é a TV digital terrestre, analisando o processo de transferência internacional de tecnologia (TIT) e os custos envolvidos na escolha de um dos sistemas. Hoje se vê que pouca atenção se deu à questão da TIT na TV digital brasileira, já que não se tem conhecimento de trabalhos publicados sobre esse tema. A fim de investigar o impacto dos custos de transferência envolvidos no estudo de caso escolhido, foi feita uma avaliação ex ante quantitativa e qualitativa dos custos de TIT do sistema tecnológico de TV digital. Como resultado, têm-se que na TIT dos equipamentos transmissores há baixa probabilidade de geração de capacidades tecnológicas locais e absorção do know-how técnico, pelo fato da maioria dos equipamentos serem importados. Para os receptores, representados por cinco tipos de unidades receptoras e decodificadoras (URDs), foram comparados os custos explícitos de TIT dos três padrões existentes: americano (ATSC), europeu (DVB-T) e japonês (ISDB-T). Estima-se que o padrão europeu é o menos oneroso para o país. No entanto, não se pode dizer que a opção pelo padrão japonês foi prejudicial ao Brasil, pois ainda não há como fazer uma comparação concreta de todos os custos de transferência envolvidos na aquisição do sistema tecnológico. Nas negociações futuras com o governo japonês, espera-se que os custos diretos implícitos e indiretos de TIT sejam melhor avaliados, buscando minimizá-los para que o país seja capaz de gerar e gerenciar a mudança tecnológica. Os resultados também indicam que o pior cenário para o Brasil ocorre quando há participação limitada no processo produtivo, ou seja, a presença dos fabricantes nacionais se dá somente na fase de montagem, sem a fabricação de partes e componentes eletrônicos essenciais das URDs. Por fim, concluise que a aquisição do sistema de TV digital pelo Brasil não alterará significativamente a condição atual de dependência tecnológica dos países desenvolvidos, já que o Brasil continuará importando os componentes essenciais, tanto dos transmissores quanto dos receptores, do sistema tecnológico escolhido

Abstract: This work aims at exploring Brazil's negotiation capacity in acquiring a complex technological system as it is terrestrial digital TV, analysing the international transfer of technology (ITT) process and the costs involved in the choice of one of the competing systems. Today, we see that little attention has being paid to the ITT question in the Brazilian digital TV, what is reflected in the lack of literature published on this subject. In order to investigate the impact of the transfer costs involved in the above-mentioned study case, we carried out a quantitative and qualitative ex ante evaluation of ITT costs of the digital TV technological system. As a result, we have that in transmission equipments there is little chance of local technological capacities generation and knowhow absorption, because the most of the equipments will be imported. As for the receivers, represented by five types of set-top boxes, we compared the ITT explicit costs of three existing standards: American ATSC, European DVB-T and Japanese ISDB-T. It is estimated that the European standard is the least expensive to the country. This does not mean that the chosen Japanese standard was detrimental to Brazil, since it is not possible to concretely compare all the transfer costs involved at the acquisition of the technological system. In the future negotiations with the Japanese government, we expect the ITT implicit and indirect costs are better evaluated, in order to minimize them so that the country be able to generate and manage the technological change. The results also indicate that the worst scenario for Brazil occurs when the country has a limited participation in the productive chain. In other words, if the Brazilian manufacturers participate only in the assembly process, with no local manufacture of essential electronic components and parts to the set-top boxes. Finally, we point out that the acquisition of a digital TV system by Brazil will not significantly change the country's current situation of technological dependence on developed countries, as Brazil might still have to import the essential components, both transmitters and receivers, of the chosen technological system
Subject: Televisão digital - Custos
Transferência de tecnologia
Brasil - Dependência
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ogushi_CristianeMidori_M.pdf914.71 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.