Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287410
Type: TESE
Title: Sociedade da informação e incllusão digital = do discurso á prática
Title Alternative: Information society and digital inclusion : from discourse to practice
Author: Marques, Marcos de Carvalho
Advisor: Gitahy, Leda Maria Caira, 1949-
Abstract: Resumo: Este trabalho discute a relação entre práticas da governança participativa e apropriação social das TICs a partir da análise de três experiências de inclusão digital: Casa Brasil de Valente (BA) e Piraí Digital (RJ), no Brasil, e Guadalinfo (Andaluzia), na Espanha. Com base no estudo desses casos, é possível afirmar que a utilização de formas de governança participativa favorece a apropriação social de tecnologias e o desenvolvimento local. Elas propiciam um ambiente de cooperação e aprendizagem coletiva essencial para a concepção, gestão e sustentabilidade de iniciativas exitosas de inclusão digital, seja para a disponibilização de recursos mínimos de comunicação, seja para a produção de conteúdos digitais e software, para o alinhamento com programas de desenvolvimento local e inclusive para a inovação. As políticas de inclusão digital devem considerar as práticas exitosas de apropriação que vêm ocorrendo, às vezes, a revelia das propostas iniciais dos programas implantados e devem evoluir para um enfoque mais abrangente ou holístico, que enfatize o processo de apropriação social das TICs e que vá além da difusão dos equipamentos de telecomunicações, fomentando a participação plural e ativa dos diversos atores locais

Abstract: This thesis discusses the relationship between practices of participatory governance and social appropriation of ICTs through the analysis of three initiatives for digital inclusion: Casa Brazil Valente (BA) and Piraí Digital (RJ), in Brazil, and Guadalinfo (Andaluzia), in Spain. Based on these case studies, we can say that the use of forms of participatory governance fosters social appropriation of technologies and local development. They provide an environment of cooperation and collective learning essential to the design, management and sustainability of successful digital inclusion initiatives, either for the provision of minimum resources for communication, whether for the production of digital content and software, to align with local development programs and to promote innovation. Digital inclusion policies should consider the successful practices of social appropriation of ICTs that have occurred, sometimes despite these program initial proposals and should evolve into a more comprehensive or holistic approach that emphasizes the process of social appropriation of ICTs, going beyond the dissemination of telecommunications equipment, encouraging the active participation of plural and multiple actors
Subject: Sociedade da informação
Inclusão digital
Tecnologia - Aspectos sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marques_MarcosdeCarvalho_M.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.