Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287396
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Geologia do ouro epitermal de Castro, PR. : uso de sistema de informação geo-referenciada para avaliação de base de dados geologico-geoquimicos
Title Alternative: Geology of epithermal gold in Castro, PR, Brazil, GIS based evaluation of geological-geochemical database
Author: Seoane, Jose Carlos Sicoli
Advisor: Silva, Ardemirio de Barros, 1946-
Abstract: Resumo: A região de Castro é constituída por uma bacia extensional, Eo-Cambriana a Eo-Ordoviciana tardi- a pós-Brasiliano. Diques e plugs andesíticos cortam sedimentos pelíticos e rudáceos bem laminados, com tufos e ignimbritos subordinados. Um complexo de domos riolíticos maciços a extremamente banda dos por fluxo, originado em vários pulsos magmáticos, tufos e epiclásticas completam a seqüência, próximo à cidade de mesmo nome no centro-leste do estado do Paraná. As rochas da bacia hospedam mineralização aurífera epitermal de baixa sulfetação, a primeira de seu tipo e idade a ser descrita no Brasil. O ouro é encontrado tanto nas rochas intermediárias a félsicas. Sedimentos são estéreis mas os contatos entre as rochas vulcânicas e estes são locais de silicificação e mineralização. A textura comum aos veios mineralizados é a substituição de carbonato, e cinábrio e arsenopirita ocorrem em pequena quantidade. Calcedônia, calcita , ilita e barita são típicos como minerais de ganga. Também ocorrem hematita, limonita e goetita, em geral em fraturas e/ou cavidades, fluorita, sericita e epidoto. Estibnita, zeolita, e granada ocorrem localmente e em pequena quantidade. A integração, validação e análise em diferentes escalas da grande diversidade de dados úteis à pesquisa de commodities associadas aos sistemas epitermais é abordada pela implementação de um Sistema de Informações Geo-referenciadas (SIG). Os dados utilizados no modelamento do depósito inclui geoquímica multielementar em vários meios e mapeamento geológico regional e de detalhe. A geoquímica multielementar de 750 amostras de sedimento de corrente nas frações acima e abaixo de 80#, além de contagem de pintas em concentrado de batéia, foram importados de arquivos de resultados enviados pelo laboratório e associados através do número da amostra às coordenadas das estações de amostragem, obtidas por GPS. Cartas topográficas 1 :50.000 foram digitalizadas em CAD e editadas em SIG para obtenção de uma base, e as bacias hidrográficas foram delimitadas. Cada bacia foi associada à amostra correspondente. Mapas geológicos de diversas origens e fotointerpretação 1:60.000 das estruturas foram igualmente digitalizadas, georreferenciadas, editadas e integradas em SIG. O modelamento em SIG de associações de elementos farejadores da geoquímica multielementar, selecionados tanto pela técnica knowledge driven quanto data driven, leva à seleção de quatro grupos de onze bacias, por sua vez também relacionadas à estruturas ou contatos litológicos, a serem investigados para mineralizações aflorantes ou não. O ponderamento dos valores de ouro pela sinuosidade das drenagens amostradas permite a filtragem dos efeitos de dispersão física e de acumulação do ouro, resultando em um mapa de anomalias modificado, que melhor representa a distribuição química original do ouro nas rochas, e portanto, de anomalias correlacionáveis à mineralizações

Abstract: Castro is an extensional, Eocambrian to Eordovician Iate to post-Brasiliano foreland basin. Plug and dyke bodies of andesite cut pelitic and rudaceous sequences of well-bedded red to green siltstone and sandstone, with subordinate ignimbrite. A dome complex of massive to highly flow-banded rhyolite from several pulses, tuff and epiclastics, fill the ba5in nearby the town of the same name, in central-eastern state of Paraná. The basin is host to low sulphidation epithermal gold mineralization, the first of its type and age to be reported in Brazil. Gold is found in both intermediate and felsic volcanic rocks. Sediments are virtually barren, but rhyolite / sediment contacts are known sites of silicification and mineralization. Carbon replacement is a common vein texture and cinnabar and arsenopyrite occur in small quantities. Chalcedony, calcite, iIIite and barite are typical gangue minerals. Also present are hematite, limonite and goethite, usually in fractures and/or cavities, fluorite, sericite and epidote. Stibnite, zeolite, and gamet occur locally and in small quantities. The integration, validation and analysis at different scales of the great diversity of data suitable for the exploration of commodities associated with epithermal systems, are met by the implementation of a Geographic Information Systems (GIS). Data used in deposit modeling includes multielementary geochemistry in various media and regional and detail geological mapping. Multielementary geochemistry of 750 stream sediment samples in two sieve fractions (above and below 80#), plus color count for gold in pan concentrates collected nearby the stream sediment stations, were captured from lab result spreadsheets and associated by their corresponding sample number to sample site location obtained from GPS. Topo sheets in 1 :50.000 scale were digitized in CAD to provide a base map and edited in the GIS to become seamless; catchment basins were delimited and each basin was assigned its corresponding sample. Geology maps and photo interpretation of structures were al50 digitized, georeferenced and edited for consistency in the GIS. Modeling by GIS, using both knowledge driven and data driven pathfinder associations for multielementary geochemestry, lead to selection of four clusters of eleven catchment basins, which are related to structures or lithological boundaries, to be investigated for surfacing and non-surfacing ore bodies. Weighting gold values based on sinuosity of the streams, to filter out the effects of physical dispersion and accumulation of gold, results in a modified anomaly map which more closely represents the original chemical distribution of gold in rocks, and thus anomalies related to mineralization
Subject: Prospecção mineral
Sistemas de informação geográfica
Ouro - Castro (PR)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Seoane_JoseCarlosSicoli_D.pdf9.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.