Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287392
Type: TESE
Degree Level: Tese (livre-docencia) - Univer
Title: Procedimento metodologico para modelagem cartografica e analise regional de epidemias de dengue em sistema de informação geografica
Author: Ferreira, Marcos César, 1957-
Advisor: informado, Não
Abstract: Resumo: Este estudo apresenta um procedimento metodológico baseado em sistema de informação geográfica, para modelagem cartográfica e análise regional de dados epidemiológicos relacionados a doenças tropicais, utilizando como exemplo uma epidemia de dengue. A proposta apóia-se nos paradigmas da escola espacial da Geografia sintetizados no conceito de mapemática, que reúne em uma mesma abordagem espaço-tempo, a cartografia temática e a análise espacial aplicada em SIG. Tomou-se como universo de ensaio, a epidemia de dengue ocorrida em 2001 no noroeste do Estado de São Paulo, que infectou a população de municípios da mesoregião de São José do Rio Preto, cujos contextos espacial e epidemiológico, serviram de objeto para a experimentação do procedimento metodológico aqui proposto. Em síntese, o procedimento adotado baseia-se na fusão de dois paradigmas de investigação espacial: a modelagem do espaço da epidemia em objetos exatos e campos contínuos e a modelagem do [empo da epidemia nas dimensões escalares monotemporal e multitemporal. Estas categorias espaço-tempo são combinadas entre si, gerando-se quatro níveis de analise espacial e construção de mapas epidemiológicos. No nível monotemporal-objeto, os mapas elucidam a espacialidade da epidemia, evidenciando clusters, contágios espaciais entre municípios e anomalias locacionais de incidência. No nível multítemporal-objeto, utilizando-se sequencia mento cartotemporal, os mapas mostram a dinâmica espacial dos casos por municípios, segundo as categorias casos novos, casos mantidos e casos extintos durante a evolução da epidemia. Já na categoria monotemporai-campo, a epidemia é abordada em modelos digitais isopléticos, sem a segmentação do espaço em limites municipais, evidenciando a forma e a orientação preferencial de manchas na forma de nuvens de probabilidade de incidência da doença. Ainda sob esta categoria espaço-tempo, são construídos mapas de superfícies de mostrando a regionalização da epidemia, desprezando-se as variações locais e elucidando-se tendências predominantes em escalas menores. Na categoria multemporal-campos, é estudada a difusão espacial da epidemia em seqüências isopléticas espaço-tempo, e sintetizadas em mapas de vetores de mobilidade espacial do centro geográfico da epidemia. A fase final e sintética do procedimento apresentado trata-se da análise da difusão espacial da epidemia segundo o modelo de redes geográficas. Nesta etapa da investigação, são construídos mapas de nodalidade e de potencial de contágio entre núcleos urbanos por via rodoviária, adotando-se como referência modelos clássicos de acessibilidade e hierarquia urbana. O do procedimento inclui ainda, a análise estatística baseada na cartografia de probabilidades, seguindo-se os modelos de Poisson e Lambert-Gauss, e a análise comparativa entre mapas de indicadores da epidemia e mapas de indicadores socioeconômicos, buscando-se esclarecer, possíveis associações e correlações entre incidência de casos e variáveis demográficas e urbanas de municípios afetados pela enfermidade

Abstract: This study presents a methodology for cartographic modeling and regional analysis of dengue fever epidemics, based on spatial analysis techniques and geographical information system. Data from 109 counties organized in epidemiological weeks about a dengue fever epidemic occurred in 2001 in northwest of Sao Paulo state, were used to map incidence and spatial diffusion of cases. The methodology is based on a five levels approach: four levels, adding exact objects/continuous fields models and single/multiple times slices sequences, and a fifth level, based in network analysis of counties connection and disease probabilities mapping. At single time scale/exacts objects level, county clusters, spatial contagious of counties and local incidence rates were mapped. At multiple time scale/exacts objects level, spatial dynamics of the cases it was mapped in spatio-time sequencing model. Using the single time/continuous field level isoplethic and tendency surface maps it was produced. At the multiple times/continuous field level, spatial diffusion maps and spatial-time mobility of mean geographical center of dengue epidemics it were designed using a sequential maps model. At the last level of methodology, urban nodes connection are spatially analyzed using network road analysis techniques, to map potential of contagious between counties, spatial dispersion of epidemics between counties and the spread path of dengue over region as a whole
Subject: Sistemas de informação geográfica
Análise espacial (Estatística)
Dengue - Epidemiologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FERREIRA, Marcos César. Procedimento metodologico para modelagem cartografica e analise regional de epidemias de dengue em sistema de informação geografica. 2003. 236f. Tese (livre-docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287392>. Acesso em: 4 ago. 2018.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_MarcosCesar_LD.pdf10.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.