Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287359
Type: TESE
Title: Condicionantes socio-tecnicos da extrapolação (Scale-UP) de processos quimicos : estudo de caso: Projeto de Desenvolvimento do Processo de Produção de Silica Via Anidrido Carbonico no Centro de Pesquisas da Rhodia, Paulinia-SP
Author: Soltermann, Omar Edgardo
Advisor: Vessuri, Hebe Maria Cristina, 1942-
Vessuri, Hebe M. C.
Abstract: Resumo: A extrapolação (scale-up) é o processo de trabalho que permite passar de uma escala de laboratório ou piloto de desenvolvimento, para uma escala ampliada de produção. É também um mecanismo de seleção de equipamentos e de condições de operação industrial, mas cuja construção obedece a regras de ordem social, política e técnica. A necessidade da abordagem empírica da extrapolação é demonstrada sob o ponto de vista da teoria da similaridade de sistemas e do conceito de aplicabilidade da teoria geral a problemas específicos, estes definíveis por condições de contorno empíricas. São apontadas tipos de incertezas envolvidas na extrapolação, e a falta de dados sobre esta, agravada pelo baixo nível de informação contido em patentes. É mostrado o processo de trabalho de inovação na química industrial e sugerido que a experimentação-piloto constitui um paradigma metodológico desta. Além disto, é apresentada a contingência e subjetividade do processo de P&D do objeto tecnológico sob construção, onde os problemas dominantes representam uma ótica dos atores participantes. A heterogeneidade dos sistemas tecnológicos, a sinuosidade do processo decisório e a incorporação da subjetividade do trabalho sob a forma de regras heurísticas incorpora a história do processo de P&D na prescrição do objeto extrapolado

Abstract: The extrapolation procedure (scale-up) is a labor process which alIows the change from a laboratory or pilot- scale or development to a fulIy blown scale of production, It is also a mechanism of selection for the equipment and general industrial operating conditions, whose accomplishment depends on social, poli ti cal and technical rules. The need for an empirical approach of the extrapolation question is demonstrated by the standpoint of the theory of systems similarity and by the concept of usefulness of the general theory to specific problems, definable by empirical boundary conditions. We point out here the kinds of uncertainty involved in the extrapolation procedure, the lack of information about it, further aggravated by the poor quality of the data from patents. We show here the rinnovation labor process concerning industrial chemistry. We also suggest that the pilot-scale experimentation is a methodological paradigm of it. In addition to alI that, we point out the contingency and the subjectivity of the R&D process regarding the technological object under construction, where the dominating problems represent a point of view of the participating actors. The heterogeneity of the technological systems, the sinuosity of the decision making process and the incorporation of the subjectivity of labor under the realm of heuristic rules, incorporates the history of the R&D process as far as the prescription of the extrapolated object is concerned.
Subject: Tecnologia química
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1992
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Soltermann_OmarEdgardo_M.pdf9.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.