Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287307
Type: TESE
Title: Radiação gama natural de distintos litotipos e a estimativa de dose a eles associada, em municipios do leste do Estado de São Paulo
Author: Bastos, Rodrigo Oliveira
Advisor: Pascholati, Elisabete Maria, 1950-
Abstract: Resumo: Dados de gama espectrometria aérea foram processados com o objetivo de se estimar a dose de radiação gama outdoor para uma área de aproximadamente 11500 km2, a leste do Estado de São Paulo, Brasil. A área abrange a cidade de Campinas e arredores, incluindo mais de cinqüenta outros municípios. De forma a reconhecer o método de interpolação mais conveniente para os dados em questão, uma análise residual foi realizada para malhas construídas por diferentes métodos de interpolação. A confiabilidade dos dados processados foi avaliada comparando as estimativas de dose obtidas através da gama espectrometria aérea para a Suíte 1ntrusiva de 1tu e para o Complexo Granitóide São Roque, com as obtidas por levantamentos terrestres apresentados na literatura. Esta comparação mostra uma diferença de cerca de 20 % devido, provavelmente, ao empobrecimento de elementos radioativos por processos de formação de solos e atenuação causada pela cobertura vegetal e umidade. As estimativas de dose foram interpretadas como função dos diferentes litotipos presentes na área de estudo, o que revelou resultados consistentes. As rochas ígneas ácidas da região contribuem em média para a razão de dose de radiação outdoor com 95,9 nGy/h, enquanto as ígneas básicas com 56,5 nGy/h. A contribuição média das rochas sedimentares para a razão de dose de radiação é de 51,2 nGy/h. O metamorfismo não deve afetar significativamente a concentração de radioelementos - a contribuição média para a razão de dose estimada para o Complexo Varginha (rochas ígneas ácidas metamorfizadas) é de 96,0 nGy/h e para o Complexo Amparo (quartzitos) é de 31,4 nGy/h. Médias de dose de radiação por município foram calculadas para cinqüenta municípios da área em estudo. As médias municipais variam de 39,7 nGy/h em Engenheiro Coelho a 110,5 nGy/h em Votorantim. Valores medianos foram estimados para Campinas, 1tu e Paulínia (69,3 nGy/h, 66,3 nGy/h, 61,1 nGy/h, respectivamente). A média ponderada pelas populações municipais é de 65,2 nGy/h, um pouco acima da média mundial (57 nGy/h). As estimativas de dose de radiação aqui apresentadas são semelhantes às publicadas na literatura para áreas contendo rochas similares. Para esses níveis de dose não se tem mostrado efeitos prejudiciais à saúde de seres humanos

Abstract: Aerial gamma spectrometric data were processed aiming to estimate outdoor gamma radiation dose for an area up to 11500 Km2, located in the eastern portion of São Paulo State, Brazil. The study area comprises Campinas city and surrounding, including over fifty other municipalities. A residual analysis was carried out for grids assembled by different data interpolation methods in order to recognize which of them would better interpolate the data. The reliability of these processed data were evaluated by comparing the dose estimates obtained from aerial gama spectrometric data for the ltu Intrusive Suite and the São Roque Granitoid Complex with available estimates yielded from ground surveys. This assessment showed a difference between the estimates of about 20%, probably due to radioelements losses along pedogenesis and attenuation due to soil moisture and vegetation cover. The gamma-ray estimates were interpreted as a function of the litotypes mapped in the study area and consistent results were revealed. The acid igneous rocks of the region display a mean contribution of 95,9 nGylh to the dose rate of radiation outdoors, whereas basic ones display 56,5 nGylh. Sedimentary rocks mean contribution to the radiation dose rate is 51,2 nGylh. Metamorphism does not seem to affect significant1y the concentration of radioelements -the mean contribution to the dose rate estimated for the Varginha Complex (metamorphosed acid igneous rocks) is 96,0 nGylh and for the Amparo Complex (quartzites) is 31,4 nGylh. A verage radiation doses per municipality were compiled for the fifty municipalities approached in this research. Averages varied from 39,7 nGylh in Engenheiro Coelho to 110,5 nGylh, in Votorantim. Median values were estimated for Campinas, ltu and Paulínia (69,3 nGy/h, 66,3 nGylh, 61,1 nGylh, respectively). The population-weighted average radiation dose yielded for the fifty municipalities was found to be 65,2 nGylh, which is slight1y higher than the world's average (57 nGy/h). The estimated radiation doses presented in this study are similar to published data for areas comprising analogous rocks and likewise, these gamma-ray dose levels show no indication of health hazards for human beings
Subject: Geofísica - São Paulo (Estado)
Espectrometria de raio gama
Radiação - Dosimetria
Geologia
São paulo (Estado) - Municípios
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bastos_RodrigoOliveira_M.pdf3.74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.