Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287301
Type: TESE
Title: Caracterização metalogenetica do deposito cromotiferos de Pedras Pretas, Santa Luz - BA
Author: Araujo, Marcelus Glaucus de Souza
Advisor: Oliveira, Elson Paiva de, 1947-
Abstract: Resumo: A mineralização cromitífera de Pedras Pretas encontra-se alojada em horizontes serpentiníticos da suíte intrusiva homônima. O magmatismo ultrabásico intrude litotipos de origem sedimentar e ígnea, que sofreram no mínimo a ação direta de quatro fases de deformação. O ambiente de colocação da referida suíte compreende sítios extensionais sob condições de saturação de água e metamorfismo de fácies xisto-verde. A evolução tectono-metamórfica para a região investigada é marcada inicialmente por condições progradante de metamorfismo caracterizada em fácies anfibolito. O ápice do loop metamórfíco é atingido em fácies anfibolito alto, identificado nas paragêneses formadoras de bandamento gnáissico regional e pela presença de remobilidzados anatéticos. Tais condições ocorreram até o inicio da formação dos grandes cisalhamentos, produto de uma fase de deformação subseqüente. Estas estruturas de escala litosférica receberam aporte de fluídos que propiciaram a redução das condições térmicas para a fácies xisto-verde. As características químicas dos fluidos infiltrantes foram comprovadamente modificadas no decorrer da evolução das estruturas frágeis. Dados petroquímicos obtidos para as cromitas de Pedras Pretas permitiram a separação em dois agrupamentos distintos: cromitas disseminadas em serpentinitos e cromitas de cromititos maciços. A primeira associação foi modificada por processos posteriores a cristalização magmática enquanto que a última conservou as suas características primárias. As análises químicas das cromitas maciças de Pedras Pretas retratam que as mesmas se cristalizaram-se por processo de diferenciação, onde os termos finais tomaram-se enriquecidos em cromo. Isto toma necessário a participação de um liquído originalmente peridotítico saturado em cromo sob condições de baixa f02' Tal característica aliado ao baixo conteúdo de Ti e a razão Cr/(Cr+Al) > 0,6, além de dados do mapeamento geológico e correlações com trabalhos de cunho regional suportam a idéia de que a mineralização cromitífera se formou em ambiente tectônico relacionados à arcos de ilha

Abstract: The chromitiferous mineralization of Pedras Pretas Intrusive Suite, Bahia, Brazil, is host in serpentinites intrusive into meta-sedimentary and meta-igneous rocks comparable to the 2.2-2.0 Ga old Itapicuru River Greenstone Belt. Field relationships and petrographic data indicate that the study area has undergone four major deformation phases with metamorphic grade reaching upper amphibolite facies conditions during the second to the third ductile deformation episodes. The fourth deformation phase was mostly brittle with mineral assemblages typical of greenschist facies metamorphic grade. Petrographic observations combined with mineral chemical data show that the Pedras Pretas chromites can be grouped into two types, viz. disseminated and massive chromites. Whereas the first one had its primary chemistry modified by sub-solidus metamorphic and/or hydrothermal processes, the second has preserved most of its magmatic characteristics, thus rendering comparisons with its Phanerozoic counterparts for which the tectonic settings are relatively well known. As such, the massive-type chromites are Ti-poor, Cr-rich, show Cr/(Cr+AI) > 0.6 and fall in the ophiolite field on Cr-AI-Fe and Cr/(Cr+AI)-Mg/(Mg+Fe) tectonic settings discriminating diagrams. Since the Pedras Pretas Intrusive Suite is host in rocks comparable to the Itapicuru River greenstone belt, which contains juvenile back-arc basalts, it is suggested that its origin may be linked to a geologic scenario similar to present-day island arc
Subject: Cromita
Metalogenia
Rochas ultrabasicas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_MarcelusGlaucusdeSouza_M.pdf8.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.