Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287282
Type: TESE
Title: Análise cronológica e pedológica de uma topossequência na planície fluvial do médio Mogi Guaçu
Title Alternative: Chronological and peedological analysis of a toposequence of the Middle Mogi Guaçu river fluvial plain
Author: Celarino, Andre Luiz de Souza, 1984-
Advisor: Ladeira, Francisco Sergio Bernardes, 1965-
Abstract: Resumo: O rio Mogi Guaçu apresenta, no trecho próximo a Estação Ecológica de Jataí, em Luis Antônio-SP, elevada sinuosidade do canal e inúmeros meandros abandonados causados pela migração lateral e posterior avulsão do curso principal. Essa situação proporcionou uma configuração específica para os solos localizados no terraço e na planície aluvial do rio. Para entender melhor a morfopedogênese desse local, foi feita uma sequência de perfis e tradagens para a investigação da continuidade lateral dos horizontes pedológicos, para depois serem realizadas análises químicas, granulométricas, mineralógicas, micromorfológicas e datações. Identificou-se horizontes ricos em matéria orgânica que ocupam toda a várzea e antigo terraço fluvial, que estão se desenvolvendo sobre um depósito residual de 130.000A.P, conforme datação realizada em um dos perfis. Esses horizontes possuem gêneses diferentes. Um deles, classificado como hístico (H), se desenvolveu preenchendo um antigo meandro abandonado, enquanto os horizontes acima dele, compostos por uma sequência de horizontes A húmicos, foram depositados posteriormente em ambiente de maior energia do rio, num dado momento onde ele já tinha incidido seu talvegue em alguns metros e se deslocado no sentido contrário ao de sua planície aluvial. Esse horizonte foi enterrado por sedimentos aluviais e a preservação da matéria orgânica foi eficiente, apesar de apresentar menores quantidades de carbono orgânico que o horizonte H. A mineralogia mostrou que a Caulinita é o mineral predominante na fração argila, apesar de ocorrerem também Gibbsita e VHE. Esta última seria resultado de neoformação, indicando atual situação de drenagem livre, ou, sua presença é de origem alóctone. A micromorfologia mostrou feições redox ainda preservadas na base do perfil 3, porosidades fissurais associadas à processos de perda de água pela superfície e grandes diferenças granulométricas entre os perfis apresentados, a principal delas se refere à diminuição latente do grau de seleção dos grãos do esqueleto no sentido da vertente para a planície aluvial. As razões molares apontaram para descontinuidades no horizonte 2A em P5 e P3, e entre os horizontes Ah e H, no perfil 4, mostrando distintas condições de pedogênese dentro dos perfis. Os processos de formação desses horizontes estão ligados à migração lateral do rio Mogi Guaçú e incisão do seu talvegue, que proporcionaram condições redutoras para o acúmulo de matéria orgânica, resultando em momentos de maior e menor acúmulo. Com as datações foi possível propor a cronologia da formação do paleoterraço e da planície aluvial nos últimos 130.000 anos e dos solos associados, no entanto, as considerações feitas a respeito da influência do paleoclima e de fatores estruturais não são conclusivas, devido à dinâmica geológica e geomorfológica da área, que é bastante específica

Abstract: The Mogi Guaçu river, near to Estação Ecológica de Jataí (Luis Antônio-SP), shows high sinuosity on its channel and many abandoned meaders caused by lateral migration and main course's avulsion. This situation is responsible by a specific configuration for the soils which are localized at terrace and at the river's alluvial plain. For a better understanding of the local morphopedogenesis, a profiles' sequence and some boreholes were made in order to investigate the lateral continuity of the soil horizons, and then perform chemical analysis, particle size distribution, mineralogy, micromorphology and datings.This process enabled the identification of horizons rich in organic matter which fills the lowland and the old's alluvial plain, which are developing above residual deposits of 130.000B.P, in according to the dating of one of the profiles. These horizons have different genesis. One of them, classified as histic horizon (H), developed filling an older abandoned meander, while the horizons above, compound by a sequence of humic A horizons, were deposited later on high energy river environment, at some point where it has been cut its thalweg in some meters and moved away of the alluvial plain. This horizon was buried by alluvial sediments and the preservation of organic matter was efficient, despite of showing lower amounts of organic carbon than H horizon.The mineralogy has shown that Caulinite is the predominant mineral in clay fraction, although Gibbsite and HIV also exist. HIV may be the result of neoformation, indicating an actual situation of free drainage, or, its presence is allochthounous. The micromorpholy has shown preserved redox lineament on the bottom of profile 3, porosities associated to water loss processes by surface and big granulometric differences between the profiles. One of the biggest differences refers to the grain selection's reduction of the skeleton in the direction of the slope to the alluvial plain. The molar ratios indicated gaps on 2A horizon in the P5 and P3, and between Ah and H horizons, on profile 4, showing different profile conditions of soil forming. The formation process of those horizons is linked with lateral migration of the river Mogi Guaçu and incision of its thalweg, which provides reducing conditions for the amount of organic matter, resulting in higher and lesser moments of accumulation.By datings was possible propose paleoterrace and alluvial plain formation chronology of last 130.000 years and associated soils, although, the considerations made about paleoclimate and structural factors influence aren't conclusive, due to geologic and geomorphologic dynamic of area, that is much specific
Subject: Geomorfologia fluvial - Mogi-Guacu, Rio (SP)
Aluvião
Sedimentos e depositos
Estação ecologica de Jatai (SP)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Celarino_AndreLuizdeSouza_M.pdf6.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.