Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287276
Type: TESE
Title: Palinologia em sedimentos quaternários, localizados na Estação do Instituto Florestal de Jataí, SP
Title Alternative: Palynology of quaternary sediments, located on the Ecological Station of Jataí, SP
Author: Souza, Melina Mara de, 1984-
Advisor: Ricardi-Branco, Fresia, 1963-
Ricardi-Branco, Fresia Soledad, 1963-
Abstract: Resumo: O estudo de uma trincheira coletada em um meandro abandonado, as margens do Rio Mogi-Guaçú, em uma área coberta por Cerrado, na Estação do Instituto Florestal de Jataí, Município de Luís Antônio (SP), permitiu realizar estudos pertinentes a evolução paleoambiental e, possíveis inferências paleoclimáticas, ao longo dos últimos 10.251 anos A.P. As interpretações paleoecológicas foram baseadas nas análises dos fragmentos de carvão, assembléias de palinomorfos, e análises isotópicas. A partir das análises isotópicas foi possível estabelecer a cronologia dos eventos ocorridos no local, por meio de análises de 14C, e a distinção dos valores isotópicos de ? 13C, que possibilitou a interpretação e diferenciação das variações da vegetação de plantas C3 (árvore) e C4 (gramínea). A análise palinológica, foi baseada em diagrama de perfil de porcentagem e concentração dos palinomorfos preservados no depósito estudado, o que permitiu estabelecer, através de dados estatísticos a determinação e distribuição da vegetação durante o Holoceno na área de estudo. Para análise dos fragmentos de carvão, foi feita á identificação e separação dos fragmentos encontrados em cada nível, em estereomicroscópio e fotografados no MEV, estabelecendo inferências e informações importantes tanto no domínio das variações paleoambientais, como paleoclimáticas e paleoincêndios. Os resultados das análises palinológicas, isotópicas e fragmentos de charcoals apontaram para um clima mais seco que o atual entre 10.251 e 10.186 anos A.P. com altas taxas de fragmentos de carvão, indicando períodos de ocorrência de paleoincêndios e de abertura florestal, onde valores de ? 13C em torno de -14,26¿, mostram a presença de plantas C4 (gramíneas), uma vegetação mais aberta que a atual. Entre 10.186 e 2.096 anos A.P. onde ocorreu um empobrecimento isotópico e uma mistura de plantas C3 e C4, com o aumento da freqüência de grãos de pólen indicadores de Cerrado como Byrsonima e Dydimopanax, podemos inferir que nesta fase o clima esteve mais úmido, e a vegetação mais fechada. Após 2.096 anos A.P. até os dias atuais as condições paleoclimáticas seriam as mesmas, caracterizada como cerradão, que possui formações florestais com espécies de Cerrado sentido restrito, sem nenhum registro de fragmentos de carvão e o aparecimento de grãos de pólens de Cerrado

Abstract: The study collected a trench in an abandoned meander on the banks of Mogi-Guaçú River in an area covered by Cerrado at the Station of the Instituto Florestal de Jataí, in Municipality of Luis Antonio (SP). It was allowed to conduct relevant studies and palaeoenvironmental evollution, possible paleoclimatic inferences, over the past 10.251 years A.P. The paleoecological interpretations were based on analysis of charcoal fragments, palynomorph assemblages, and isotopic analysis. From the isotopic analysis it was possible to establish the chronology of events on site, by analysis of 14C, and the distinction of the isotopic values of ? 13C, which facilitated the interpretation and differentiation of changes in vegetation from C3 plants (trees) and C4 ( grass). Pollen analysis were based on census profile of the percentage and concentration of the palynomorphs preserved in the deposit studied allowing to establish, through statistical data, the determination and distribution of vegetation during the Holocene in the study area. To analyze the charcoals, it was made the identification and the fragments found in each level were separated by a stereomicroscope and photographed in the MEV, establishing inferences and important information, both in the field of palaeoenvironmental variations, as paleoclimate and paleofires. The results of pollen analysis, isotopic and charcoals fragments pointed to a drier climate than nowadays, from 10.251 to 10.186 years A.P. with high rates of charcoals fragments, indicating periods of paleofires occurrence and open forest where values around ? 13C -14,26 ¿, indicated the presence of C4 plants (grasses), more open vegetation than at present. From 10.186 to 2.096 years A.P. occurred an isotopic depletion and a mixture of C3 and C4 plants, increasing pollen frequency indicators of Cerrado and Byrsonima Dydimopanax. At this stage the climate was wetter and the vegetation closer. After 2.096 years A.P. until nowadays, the paleoclimatic conditions have been the same, characterized as Cerrado, which has forest with species of Cerrado sensu stricto with no record of charcoals and the appearance of pollen of Cerrado
Subject: Cerrados
Palinologia
Paleontologia - Quaternario
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_MelinaMarade_M.pdf2.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.