Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287189
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.identifier(Broch.)pt_BR
dc.descriptionOrientador: Celso Dal Re Carneiropt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geocienciaspt_BR
dc.format.extent225p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeTESEpt_BR
dc.titleO ensino de geologia nos cursos tecnicos de mineração no Brasil : uma visão a partir de Araxa, MGpt_BR
dc.contributor.authorMoraes, Lucia Castanheirapt_BR
dc.contributor.advisorCarneiro, Celso Dal Ré, 1951-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Geociênciaspt_BR
dc.subjectGeociências - Métodos de ensinopt_BR
dc.subjectEnsino profissionalpt_BR
dc.subjectCiências - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectGeociências - Estudo e ensinopt_BR
dc.description.abstractResumo: A mineração fornece à sociedade a maior parte da matéria-prima que permite a manutenção da vida, o conforto e o progresso da civilização. Ao mesmo tempo, é a Geologia que permite o entendimento e detém grande parte das respostas para a crise ambiental vivenciada hoje. Contraditoriamente, os conhecimentos geocientíficos estão praticamente ausentes no processo de formação de professores de Ciências e no Ensino Básico no Brasil. Também contraditoriamente os Cursos Técnicos de Mineração (CTMs), em especial o ensino de Geologia no âmbito dos mesmos, têm merecido escassa atenção dos estudiosos da educação brasileira. Isto reflete a (pouca) importância que a sociedade concede ao setor mineral - particularmente à Geologia. A presente tese foi elaborada partindo de dois pressupostos: (a) o conhecimento geológico facilita o entendimento do cidadão como parte intrínseca da Natureza; e (b) um CTM tem responsabilidade na formação de cidadãos que trabalharão com recursos naturais não-renováveis e dos quais a nossa civilização é totalmente dependente. Com base nesses pressupostos a pesquisa busca responder duas questões: (1) Quais conhecimentos geocientíficos são imprescindíveis para que o técnico em mineração (TM) desempenhe suas funções de forma satisfatória? (2) Como capacitá-lo com esses conteúdos e habilidades tendo em vista a realidade desses cursos? Nesta busca, elabora-se um mapa dos CTMs, por meio de prospecção realizada junto a professores e alunos dos mesmos e a empregadores dos técnicos. O mapa está mais detalhado no que diz respeito ao CTM de Araxá, que deu origem a essa tese por ser onde a autora trabalha. Este mapeamento focaliza em especial o conteúdo geológico valorizado pelos professores e pelos empregadores. Em termos gerais, o resultado da pesquisa indica o TM ideal como um profissional que detenha conhecimentos básicos sobre as características físico-químicas e a dinâmica do planeta Terra, que domine ferramentas geológicas variadas, que tenha autonomia para buscar novos conhecimentos, que tenha domínio da língua portuguesa, postura crítica e capacidade de trabalhar em equipe. A análise desses dados, à luz de ensinamentos de estudiosos da Educação - da Educação em Geociências em particular - permitiu a construção de uma proposta de ensino. Buscar alcançar essa formação na escola implica uma reforma ampla e significativa que perpassa o currículo, os métodos e as atividades utilizados em sala-de-aula além da atitude do professor em relação ao conhecimento. A experiência desenvolvida no CTM de Araxá mostra várias pedras no meio do caminho da busca dessas metas, mas a conclusão é bastante otimistapt
dc.description.abstractAbstract: The overwhelming majority of raw materials that permits the maintenance of life, as well as our comfort and the progress of civilization comes from mining. It is Geology that permits understanding of the environmental crisis in which we live today and also holds a great part of the answers. In contrast, geoscientific concepts are practically absent in the process of qualifying science teachers and also in the basic level studies in Brazil. In this area it is also contradictory that in the Technical Courses in Mining (TCM), specially for Geology, teaching of they have received little attention from the Brazilian education experts. This reflects the lack of importance that society gives to the mining area, particularly to Geology. This thesis was based on two presuppositions: (a) the knowledge of geology helps the understanding of the human being as part of nature and (b) a TCM has the responsibility of preparing people who will work with non-renewable natural resources and on which our civilization depends completely. Based on these presuppositions we try to answer two questions: (1) What geo-scientific knowledge is essential for a mining technician to perform properly; (2) How to make him/her qualified and skilled while taking into consideration the reality of the current courses. Searching for this quest a TCM map was developed based on teachers and their students' views as well as on the technicians employers' views. This map yields details concerning the CTM in Araxá, which gave rise to this thesis. The mapping focus especially on the geological content required by teachers and employers. In general, the research result shows that an ideal TM is a professional who possesses the basic knowledge on the physical and chemical characteristics of the Earth as well as on the Earth's dynamics. An ideal TM also withholds knowledge on varied geological tools, he/she is someone who is able to search for new knowledge, who is proficient in the Portuguese language, who is capable of developing good team work and who is critical. The analysis of the information under the scope of Education experts - specially of the Geoscience Education, led to the development of a teaching proposal. Achieving such qualification at schools implies significant changes that involve the syllabus, the method and the activities used in class and also the teachers' attitude towards knowledge. The experiment developed at the CTM in Araxá shows several difficulties for pursuing these objectives, but the conclusion is quite optimisticen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2005pt_BR
dc.identifier.citationMORAES, Lucia Castanheira. O ensino de geologia nos cursos tecnicos de mineração no Brasil: uma visão a partir de Araxa, MG. 2005. 225p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287189>. Acesso em: 5 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreenameDoutor em Geociênciaspt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameOliveira, Maria Rita Salespt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameFigueirôa, Silvia Fernanda de Mendonçapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameAmaral, Ivan Amorosino dopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameFerraz, Celso Pintopt_BR
dc.date.defense2005-08-18T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2018-08-05T05:10:46Z-
dc.date.accessioned2018-08-05T05:10:46Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-05T05:10:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moraes_LuciaCastanheira_D.pdf: 6161007 bytes, checksum: a344bead53064bde1a1de0f5a400933f (MD5) Previous issue date: 2005en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287189-
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moraes_LuciaCastanheira_D.pdf6.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.