Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287167
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Evolução geologica das rochas maficas e ultramaficas no Greenstone Belt Barbacena, região de Nazareno, MG
Author: Toledo, Catarina Laboure Benfica
Advisor: Choudhuri, Asit, 1937-
Abstract: Resumo: A região de Nazareno está localizada na borda meridional do Cráton do São Francisco e inclui rochas de origem plutônica, vulcânica e sedimentar, arqueanas a mesoproterozóicas, retrabalhadas por eventos termo-tectônicos subseqüentes. Dois conjuntos distintos de rochas máficas e ultramáficas ocorrem nesta região. O primeiro representado por metavulcânicas de filiação komatiítica e toleítica, pertencentes ao Greenstone Belt Barbacena, e o segundo caracterizado por corpos máfico-ultramáficos diferenciados encaixados nessa sucessão vulcano-sedimentar. O presente estudo pretende caracterizar e reconstruir a história evolutiva desses conjuntos de rochas máficas e ultramáficas. As rochas pertencentes à sucessão vulcano-sedimentar estão distribuídas em duas faixas irregulares com direção NE-SW, Faixa Nazareno e Faixa Rio das Mortes, delimitadas por granitóides paleoproterozóicos intrusivos. As rochas de filiação komatiítica são depletadas em alumínio e apresentam características químicas semelhantes às ocorrências clássicas de komatiitos do tipo ADK, com valores de AlzOj/ Ti02 < 20, razões entre Ti, Zr, Sc distintas das razões condríticas e depleção de ETR pesados, sugerindo uma origem a partir de plumas mantélicas profundas, geradas entre 450 e 650 km. As rochas de filiação toleítica apresentam características transicionais entre E-MORB e N-MORB e são semelhantes aos basaltos de plateaus oceânicos, formados por plumas mantélicas em ambiente intraplaca. Associados às faixas vulcano-sedimentares ocorrem quatro corpos máfico-ultramáficos diferenciados, lenticulares e isolados, que apresentam proporções variáveis de termos máficos (metagabros e anfibolitos) e ultramáficos (metaperidotito e metapiroxenito). Apesar do metamorfismo e deformação, as feições texturais originais indicativas de protólitos magmáticos plutônicos diferenciados, tais como texturas cumuláticas e acamamento ígneo, encontram-se ainda preservadas. Os padrões de ETR destes corpos são semelhantes aos dos complexos estratiformes clássicos, sugerindo cristalização em ambiente anorogênico. A região foi afetada por pelo menos três eventos termo-tectônicos, Dn.h Dn e D n+!' O mais antigo, possivelmente arqueano, desenvolveu-se em condições de fácies anfibolito inferior (M)) e seus registros estão impressos nas rochas da sucessão vulcano-sedimentar. O evento de deformação principal (Dn) gerou as feições tectônicas penetrativas da área, registradas tanto na sucessão vulcânica quanto nos corpos mafico-ultramáficos diferenciados. Este evento se processou em condições de fácies anfibolito inferior a médio (M2) e representa a primeira manifestação do Evento Transamazônico na região. A fase Dn+) afetou todas as rochas da região e se desenvolveu em condições de fácies xisto verde superior (Mj). Ela pode representar a segunda manifestação do Evento Transamazônico ou estar relacionada à Orogênese Brasiliana. A evolução geológica proposta para essas rochas envolve a deposição da sucessão vulcano-sedimentar em ambiente de plateau oceânico; colagem e acresção desse plateau em uma margem continental; intrusão de corpos máfico-ultramáficos em ambiente anorogênico; deformação e metamorfismo dessas seqüências durante o Evento Transamazônico, acompanhado pela intrusão de vários corpos granitóides e dioritos associados ao magmatismo do Cinturão Mineiro; e reativação de estruturas mais antigas durante o Evento Brasiliano. A idade do ponto de partida desta evolução ainda não está definida, visto que não existem dados geocronológicos acerca da sucessão vulcano-sedimentar. A idade mínima é balizada pela idade do Trondhjemito Cassiterita (2.162 :I: 10 Ma), intrusivo nos corpos máficoultramáficos e em suas encaixantes

Abstract: The study area is located at the southem border of the São Francisco Craton and shows plutonic, vo1canic and sedimentary rocks, of Archean to Mesoproterozoic age, reworked by later thermo-tectonic events. Two different groups of mafic and ultramafic rocks occur in this region. The first is a komatiite-tholeiite sequence belonging to the Barbacena Greenstone Belt, and the second consists of differentiated mafic-ultramafic bodies intruded in this vo1canic-sedimentary sequence. This research aims to characterize and reconstruct the evolution of these two groups of mafic and ultramafic rocks. The rocks ofthe vo1canic-sedimentary sequence are distributed in two irregular NE-SW belts, named Nazareno and Rio das Mortes belts, surrounded by intrusive Paleoproterozoic granitoids. The Al-depleted komatiites (ADK, AlzO3/ TiOz < 20) present Ti, Zr, Sc ratios different from the chondrite pattems and are HREE depleted. They are interpreted as the result of plume related magmatism generated at depths of 450 to 600 km. The tholeiite succession presents transitional characteristic between E-MORB and N-MORB, similar to basalts of oceanic plateau, and is best interpreted as the result of a mantle plume related intra-oceanic plate. Four different mafic-ultramafic layered bodies are distributed in the vo1canic sedimentary belts with different proportions ofmafic (metagabbros and anphibolites) and ultramafic (metaperidotite and metapiroxenite) components. In spite of the metarnorphism and deformation, the original textural features such as cumulate textures and magmatic layering, indicative of differentiated magmatic plutonic protholiths, are still preserved in some of them. The REE pattems ofthese bodies are similar to the classicallayered complex, suggesting an anorogenic setting. The region was affected by at least three thermo-tectonic events, DO-i> Do e D 0+1. The oldest, probably of Archean age, developed at lower amphibolite conditions (M1) is recognizable in the vo1canic sedimentary rocks. Pervasive tectonic features recorded also in the vo1canic sucession and in the mafic-ultramafic layered bodies, characterize the main deformation event Dn. This event occurs in lower to middle amphibolite facies and represents the first register of the Transamazonian Event in the region. The Dn+ 1 phase is impressed in all rocks of the study area and developed at upper greenschist facies (M3), representing either the second manifestation oftheTransamazonian Event or an event related to the Brasiliano Orogenic Cycle. The geological evolution proposed for these rocks involves the deposition ofvo1cano-sedimentary succession in an oceanic plateau setting; collage and accretion of oceanic plateau at a continental margin; intrusion ofmafic-ultrarnafic layered bodies in an anorogenic setting; deformation and metamorphism of these sequences during the Transamazonian event, followed by the intrusion of several granitoid bodies and diorites associated to magmatism of the Mineiro Belt. Probably, the reactivation of the oldest structures in greenschist facies occurred during the Brasiliano Event. The age of the beginning of this evolution is still poorly known. However, the minimum age is marked by the Cassiterite Trondhjemite body (2.612:!: 10 Ma) intrusive in the mafic-ultramafic bodies and their host rocks
Subject: Rochas igneas - Nazareno (MG)
Geoquímica
Metamorfismo (Geologia)
Geologia estrutural
Petrologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TOLEDO, Catarina Laboure Benfica. Evolução geologica das rochas maficas e ultramaficas no Greenstone Belt Barbacena, região de Nazareno, MG. 2002. 308p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287167>. Acesso em: 2 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Toledo_CatarinaLaboureBenfica_D.pdf10.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.