Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287157
Type: TESE
Title: O conflito entre urbanização e mineração de argilas no Municipio de Campinas, estudo de caso : Bairro Santa Lucia
Author: Ruiz, Mauro Silva
Advisor: Chaves, Arthur Pinto, 1946-
Abstract: Resumo: Nas últimas décadas a urbanização vem cerceando a explotação de alguns minerais não metálicos em diferentes regiões do Estado de são Paulo. Um desses minerais é a argila para cerâmica vermelha, utilizada na fabricação de tijolos, telhas, manilhas etc.. Estas argilas apresentam um baixo valor unitário, não suportando grandes distâncias de transporte entre as minas e as indústrias cerâmicas. Por esta razão, as minas geralmente são cativas, e se situam o mais próximo possível das fábricas, preferencialmente junto de áreas urbanas, onde a demanda por produtos cerâmicos é maior. A expansão das cidades em nosso País geralmente ocorre sem qualquer planejamento prévio e, em razão disso, em alguns municípios a malha urbana está avançando em direção às áreas onde existem minas e jazidas, gerando conflitos. O objetivo deste estudo é analisar a origem, o desenvolvimento e as conseqüências do conflito entre urbanização e mineração de argilas no município de Campinas. O Bairro Santa Lúcia, localizado na região SW da cidade, foi escolhido para um estudo de caso. Para explicar a origem e o desenvolvimento do conflito nesse Bairro, duas hipóteses foram previamente criadas e checadas, posteriormente, através de entrevistas em seis indústrias cerâmicas e na Prefeitura de Campinas. Estudos das legislações minerária, urbanística e ambiental também foram necessários para melhor entendimento da questão. Foram identificados cinco agentes envolvidos neste embate: as empresas de mineração e mineradores, os proprietários fundiários, as empresas imobiliárias e parceladores, o Poder Público e a população. Como resultado deste trabalho, concluiu-se que o crescimento rápido de Campinas e a falta de planejamento que precedeu a sua expansão foram os principais fatores responsáveis pelos conflitos entre urbanização e mineração que hoje se manifestam no município, principalmente na sua região SW, para onde a cidade mais se expandiu nos últimos anos

Abstract: In the last few decades, urbanization process has been restricting the mining of some non-metallic minerals in different regions of the São Paulo State. One of these minerals is the clay used to manufacture structural products such as: bricks, tiles, pipes etc.. These clays have a high volume-to-cost ratio which imposes short transportation distances between their mining sites and the ceramic industries. The ceramic plants are located as close to the mines as possible and preferably near to the urban areas which create the demand for the ceramic products. Since the cities expansion in our country is seldom supported by planning studies, the urbanization process in some counties are moving towards mining sites and thus generating conflicts. The purpose of this study is to analyse the origin, development and consequence of the conflict between urbanization and clay mining in the Campinas county. The Santa Lucia district was the selected site for a case study. In order to explain both the origin and the development of the conflict, two hypothesis were previously proposed and checked afterwards through personal interviews carried out in six ceramic industries and in the Campinas Town Hall. An additional analysis of the existing mining, urbanization and environmental laws was necessary to support this study. Five agents involved in this conflict were identified: mining companies, owners of the land, real estate agents, Public Authority and population. As a final result, it was confirmed that the quick growth plus the lack of planning to support the development of Campinas city were the main factors which caused the conflict. It is important to point out that Campinas growth directed preferably towards the SW where the Santa Lucia district is located.
Subject: Urbanização
Minas e recursos minerais
Argila
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1989
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ruiz_MauroSilva_M.pdf4.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.