Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287153
Type: TESE
Title: Estudo da contaminação por mercurio e metais pesados em garimpo de ouro primario : o estudo de caso da região de Pilar de Goias e Guarinos, Goias
Author: Soares, Paulo Valladares
Advisor: Choudhuri, Asit, 1937-
Abstract: Resumo: Este estudo coloca os principais conceitos da química aquática do mercúrio e caracteriza a contaminação antropogênica deste metal. proveniente do processo de beneficiamento das minerações de ouro primário em garimpos na região de Pilar de Goiás e Guarinos (GO). De forma complementar. são analisados os metais pesados de origem litogênica (Cd, Zn. Cu. As, Pb,) que são liberados para o sistema h1drico após o processo de extração e beneficiamento. Procurou-se verificar a influência de todos os metais analisados em áreas onde não havia a ocupação humana, para o estabelecimento de background. Neste contexto são abordadas as alterações ambientais e as interações possíveis dos metais analisados no meio físico e a toxicidade. O mercúrio foi analisado em duas campanhas de amostragem de sedimento de corrente e água em drenagens e córregos locais, procurando quantificar e compreender o seu comportamento. Os demais metais foram analisados somente na primeira campanha. O mercúrio deposita-se nos sedimentos em pontos específicos em torno de 100 mts a partir do ponto de colocação do rejeito na drenagem. O nível de mercúrio dissolvido nas águas independe do conteúdo de mercúrio nos sedimentos e está na faixa de 1,85 a 4,45 ng/ml. Foram detectados altos valores principalmente de As nos sedimentos. De acordo com as considerações teóricas desenvolvidas sobre a geoquímica dos elementos analisados, o principal e iminente problema, ainda que não analisados, é a liberação do vapor de mercúrio durante o processo de queima de pasta, tanto em seu componente ocupacional como ambiental. Potencialmente, os metais pesados imobilizados nos sedimentos de fundo dos rios constituem um perigo a qualidade da água e a vida aquática, podendo ser liberado como resultado de mudanças físico-químicos

Abstract: The main concepts of mercury water chemistry and the environmental contamination by this metal as a by product of mining of primary gold at "Pilar de Goiás" and "Guarinos" regions, state of Goias. Brazil, are here discussed. The heavy metals of lithogenie origin (Cd, Zn, Cu, As, Pb) liberated into the water by the extraction and processing of gold are also deal t with here. The influence of these metals and their toxicities with respect to background areas free from human contamination have a1so been verified. The mercury contents both in sediment samp1es and in water from streams and from the general drainage system were quantitatively analyzed in samples collected on two field trips. The other metals were analyzed only in samples collected during the first trip. Mercury was found in sediments up to a distance of around 100 m from the point that the contaminated waste was introduced into the drainage basin. The content of mercury dissolved in the water ( 1,85 to 4,45 ng/ml) is independent of its concentration in the sediments. High concentrations of As, were noted in the sediments. The heavy metals in the river sediments are potentially dangerous both to water quality and to water life when eventually liberated through physical-chemical and environmental changes. According to theoretical considerations drawn from the geochemistry of the analyzed elements the main occupational and environmental problem (not studied here) is the liberation mercury vapors during the burning of the Hg-Au pasta
Subject: Garimpagem - Pilar (GO)
Garimpagem - Guarinos (GO)
Mercurio - Contaminação
Metais pesados - Contaminação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1990
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Soares_PauloValladares_M.pdf6.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.