Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287118
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Valoração ambiental : casos da mineradora Viterbo Machado Luz
Author: Nunes Junior, Mario da Silva
Advisor: Cavalcanti, Rachel Negrão, 1953-
Cavalti, Rachel Negrão
Abstract: Resumo: Nas últimas décadas o debate econômico envolvendo questões como a utilização intensiva de recursos naturais (faunísticos, florísticos, hídricos, minerais, etc.) e as graves conseqüências sócio-econômicas geradas pela poluição do meio ambiente têm posto a relação Homem-Natureza no centro das atenções econômicas. Para que sejam propostas soluções economicamente viáveis para problemas ambientais como esses é necessário entender como a economia, enquanto campo do conhecimento, desenvolve este debate através de seus interlocutores (agentes econômicos). Pela lógica econômica os valores econômicos atribuídos aos recursos naturais são determinados pelo seu valor de uso direto. Em relação a bens minerais como a areia, este valor de uso direto é relacionado a sua importância como agregado mineral na construção civil. Com os avanços do debate econômico sobre o meio ambiente, outros valores, além desse estimado pelo uso direto da areia, passaram a ter destaque nas análises econômicas, principalmente através das técnicas de valoração ambiental que possibilitam a mensuração do valor de uso indireto, ou seja, dos valores econômicos atribuídos aos serviços ambientais desempenhados por este bem mineral, a areia. O presente trabalho tem por objetivo mensurar o valor de uso indireto da areia explotada pela Mineradora Viterbo Machado Luz (MVML) instalada em uma área de proteção de mananciais da Região Metropolitana de São Paulo. A escolha dessa mineradora foi em função de seu destaque enquanto modelo de mineração ambientalmente responsável. A determinação do valor de uso indireto contou com a colaboração dos clientes da Mineradora que compunham um universo passível de ser mensurado e entrevistado. Pôde-se concluir que o valor de uso indireto da areia tem um maior sentido quando utilizado como parâmetros para políticas de comando e controle, baseadas na aplicação de multas e indenizações por danos ambientais ou mesmo na elaboração de políticas de incentivos econômicos

Abstract: ln the last decades, the economic debate concerning to questions such as intensive utilization of natural (faunistic, floristic, hydric, mineral etc.) resources, and the serious socio-economic consequences generated by the pollution of the enviromment has put the relation Man-Nature in the centre of the economics attention. In order to propose the economically viable solutions to the environmental problems as these, it is necessary to understand how the economy as field of knowledge develops this debate through its interlocutors (economical agents). Through the economic logic the economical values imputed to the natural resources are determined by its direct use value. In relation to the mineral goods like sand, this direct use value is related to its importance like mineral agregated at the civil architecture. With the improvement of the economic debate about the environment, other values, add to that estimated by direct use of the sand, had passed to have notability in the economic analysis, mainly, through the techniques of environmental valoration that becomes possible the measuring of the indirect use value, that is, of the economic values imputed to the environmental services performed by the mineral good, the sand. This work has as goal to measure the indirect use value of the exploited sand by the Mineradora Viterbo Machado Luz (MVML) settled in a protection area of fountainheads ITom the Metropolitan Region of São Paulo. The choice of this mining was in function of its notability as model of environmentally responsible mining. The determination of the indirect use value counted with the colaboration of the clients ITom the mining who compose an universe susceptible to be measured and interviewed. It is possible to conclude that the indirect use value of the sand has a greater sense when it is used as parameters to the comand and control politics, based in the aplication of fines and compensations by environmental damages or even in the elaboration ofthe politics of economical incentives
Subject: Areia
Meio ambiente - Aspectos econômicos
Economia mineral
Planejamento ambiental
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
NunesJunior_MariodaSilva_M.pdf4.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.