Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287106
Type: TESE
Title: Mobilidade urbana em Campinas = análise do espaço de circulação
Title Alternative: Urban mobility in Campinas : analysis of circulation space
Author: Bryan, Francisco, 1977-
Advisor: Santos, Regina Célia Bega dos, 1948-
Abstract: Resumo: Esta dissertação tem por objetivo realizar uma análise do da mobilidade urbana da cidade de Campinas - SP sob o ponto de vista de seu processo de urbanização e seu sistema de circulação. Com este fim, será estudado a estrutura atual do sistema de transporte público e como este se relaciona com o processo temporal de crescimento e desenvolvimento urbano. Composto por diversos períodos significativos (que são abordados de maneira distinta entre os estudiosos do assunto), tal processo será objeto de reflexão crítica utilizando como método a análise geográfica de circulação. Pretende-se debater o processo de crescimento e estruturação da área urbana do ponto de vista da Geografia com relação aos sistemas de circulação urbana, de modo a compreender melhor a dinâmica da questão do transporte público na cidade. Para tanto, é necessário compreender como se deu e como se dá a distribuição espacial dos principais eixos de circulação utilizados pela população a partir do transporte público a fim de subsidiar propostas para a melhoria de sua circulação pelo espaço urbano, considerando principalmente as pessoas que mais necessitam deste transporte, e, portanto, de políticas públicas que priorizem esta parcela da população. O objetivo do trabalho, portanto, é discutir o espaço do cidadão à mobilidade, sob condições minimamente aceitáveis de segurança através de uma ênfase maior nas propostas de ampliação permanente da infra-estrutura das cidades como um todo, e não apenas do transporte rodoviário, ao invés de analisar as causas dos problemas existentes, considerando esses deslocamentos como sendo meras rotas de ida e volta do local de trabalho. A principal alternativa para isso é levar em conta todas as formas de circulação no espaço; a pé, de bicicleta, carro, ônibus, trem e metrô. Todos devem ter condições para realizar suas atividades, e, portanto, a estrutura viária deve considerar todos os meios de transporte apontados acima. O enfoque aqui pretendido contempla a visão do uso social do espaço urbano sobre o tema estudado, considerando algumas regras técnicas utilizadas pelo enfoque tradicional, destacando-se a análise do espaço urbano onde estes deslocamentos são mensurados tecnicamente e utilizado por pessoas cujas relações sociais, políticas e econômicas são complexas e ocorrem ao mesmo tempo

Abstract: The goal of this dissertation is to analyze urban mobility in Campinas-SP through its urbanization process and circulation system development. Therefore, this work aims to study Campinas' public transit system structure nowadays and how it reflects the urban development process through time. Split into several significant periods (which are approached through different viewpoints by scholars), such process will be object of critical reflection using as method the geographical analysis of circulation. Towards a better comprehension of public transport dynamics in Campinas, we intend to discuss the relationship between urban growth and development process and urban circulation systems. Therefore, it is necessary to understand how spatial distribution of the circulation axes most used by public transport users was developed through time in order to contribute on designing improvement proposals to these users' circulation in the city. Such proposals should always consider first the users that rely most on public transport as much as the public policy framework focused on these users. This work also aims to debate the appropriation of urban spaces in order to guarantee all citizen mobility under minimum standards of safety through greater emphasis on proposals for perennial enhancement of urban infrastructure in cities as a whole - not focusing only on road transport - instead of only dealing with existing problems and their causes, an approach that usually demotes user displacements to simple commuting issues. The main alternative here is to consider all modes of transportation to get around in urban spaces: by foot, by bike, by car, by bus, by train, by subway, etc. Everyone should be able to carry out their activities; hence, transit structure should consider every one of these different modes. Our focus here is a social approach (instead of pure technical approach) towards the analysis of spatial use in cities regarding the main issues dealt with in this study, even though some of the technical rules used by traditional approaches are taken here into consideration, such as urban spatial analysis in which these displacements are technically measured. But it should never be taken for granted the fact that urban spaces are stages for complex social/political/economical relations
Subject: Politica urbana - Campinas (SP)
Transporte urbano - Campinas (SP)
Planejamento urbano - Campinas (SP)
Geografia humana - Campinas (SP)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bryan_Francisco_M.pdf4.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.