Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287094
Type: TESE
Title: Gestão integrada de recursos hidricos : saneamento basico na area metropolitana da sub-bacia do Rio Atibaia
Title Alternative: Integrated management of water resources: sanitation in metropolitan area of the Atibaia River Basin
Author: Duarte Neto, Eurico
Advisor: Cavalcanti, Rachel Negrão, 1953-
Abstract: Resumo: A sub-bacia do rio Atibaia serve como manancial para duas das principais regiões econômicas do pais, abastecendo 10 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Campinas e na Grande São Paulo. Apesar de toda a sua importância, esta sub-bacia vem sofrendo as conseqüências de dois problemas recorrentes: escassez e poluição. A principal fonte de poluição da sub-bacia do Atibaia, no trecho que esta atravessa a Região Metropolitana de Campinas (RMC), é o lançamento de esgotos domésticos in natura por cidades que a utilizam como manancial, contribuindo para a redução na sua disponibilidade. Esta dissertação propõe-se a evidenciar a necessidade das administrações dos municípios presentes na sub-bacia do rio Atibaia investirem recursos em tratamento de esgotos domésticos. Para isto o estudo toma como base a porção da sub-bacia do rio Atibaia inserida na Região Metropolitana de Campinas (RMC) e aqui definida como Área Metropolitana da Sub-Bacia do Rio Atibaia (AMBRA). No desenvolvimento da dissertação abordamos vários aspectos que consideramos fundamentais em relação aos recursos hídricos: a importância do acesso à água de qualidade para a saúde pública, a necessidade de integração entre os sistemas de gerenciamento de recursos hídricos e o planejamento urbano/metropolitano e a necessidade da gestão integrada com a participação de todos os municípios inseridos numa determinada sub-bacia hidrográfica. O trabalho permite concluir que, pelo menos na área analisada, a antiga percepção política de que "investimento em saneamento básico não dá voto" já não é mais verdade, pois nunca a sociedade civil deste conjunto de municípios cobrou tanto dos responsáveis pela melhoria das condições sanitárias

Abstract: The Atibaia river basin serves as fountain to the main economic regions of the country, suplying 10 million people of the Região Metropolitana de Campinas and Grande São Paulo. Even though its importance, this basin has been suffering the consequences of two recurrent problems: polution and scarcity. The main source of Atibaia basin's polution, in the stretch that crosses the Região etropolitana de Campinas (RMC), is the dumping of domestic sewerage system in natura by cities that utilize it as fountain, contributing to the reduction of its availability. The objective of this dissertation is to point out the necessity of investment in domestic sewage systems by the administrations of the cities based on the basin of the Atibaia River. To achieve that the study is focused on the stretch located in the Região Metropolitana de Campinas and defined here as Metropolitan Area of the Atibaia River Basin. Throughout the development of this essay we approach many aspects considered important in relation to water resources: the importance of access to quality water to public health , the necessity of integration among the water resources management systems and the urban / metropolitan planning and the necessity of integrated management with the participation of all cities based on a determined hydro graphic basin. The essay allows the conc1usion that, at least in the area in which the study was developed, the old political perception that "investment in sanitation doesn't convert into votes" is no longer true, because the society
Subject: Bacias hidrográficas
Recursos hídricos - Desenvolvimento
Saneamento ambiental
Esgotos - Purificação
Saúde pública
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
DuarteNeto_Eurico_M.pdf5.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.