Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287034
Type: TESE
Title: Arte, ciencia e tecnica na viagem philosophica de Alexandre Rodrigues Ferreira : a confecção e utilização de imagens historico-geograficas na Capitania do Grão-Para, entre Setembro de 1783 a Outubro de 1784
Author: Pataca, Ermelinda Moutinho
Advisor: Lopes, Maria Margaret, 1954-
Abstract: Resumo: Com o objetivo de contribuir-para o levantamento e estudo da iconografia da Viagem Philosophica de Alexandre Rodrigues Ferreira, neste trabalho seguimos a trajetória dessa expedição em Belém e seus arredores de Setembro de 1783 a Setembro de 1784, considerando os desenhadores José Joaquim Freire e Joaquim José Codina e suas aquarelas. Tomamos como referência principalmente imagens históricogeográficas publicadas que compreendem prospectos de vilas e cidades paraenses; perspectivas de máquinas agro-industriais e de engenhos de açúcar e arroz; desenhos de embarcações; e mapas, em associação com alguns desenhos de animais. Trabalhamos no âmbito da história das ciências de forma multidisciplinar num diálogo com a história das artes, considerando a iconografia da expedição nas circunstâncias em que foi produzida, ou seja, em suas relações explícitas ou implícitas com os diários, memórias, instruções e correspondências escritas por Alexandre Rodrigues Ferreira ou por engenheiros e arquitetos que se encontravam na colônia. Além disso, consideramos ainda o contexto político, econômico e social em que a expedição se inseria. Através de exaustivos levantamentos iconográficos e bibliográficos foi constatada uma pluralidade de formas representativas que nos indicou a versatilidade dos artistas, que em sua formação que eram treinados no desenho de história natural, no desenho técnico proveniente da engenharia e arquitetura, e na cartografia. Este preparo foi imprescindível durante a elaboração da expedição. Durante a expedição, a produção iconográfica de Freire e Codina dependeu das vicissitudes do campo, como tempo disponível para confecção das imagens, estado de saúde dos membros da expedição, topografia do local a ser retratado, etc. Consideramos ainda as cópias produzidas pelos desenhadores da Casa do Desenho do Real Jardim Botânico de Ajuda, onde as imagens foram reelaboradas revelando aspectos importantes da produção de desenhos no gabinete. As imagens histórico-geográficas produzidas em Belém e seus arredores associadas com os textos de Alexandre Rodrigues Ferreira confirmaram as relações texto-imagem, características da literatura de viagens da época e que tem sido tratado de forma isolada pela historiografia da Viagem Philosophica. Estas representações mostram as preocupações agrícolas, urbanísticas e territoriais dos funcionários do Estado português afim de efetivar a colonização na Amazônia. Constatamos que as imagens histórico-geográficas eram utilizadas como instrumentos de reconhecimento e apropriação territorial e humano pelos engenheiros, arquitetos, naturalistas e administradores portugueses que se encontravam na Amazônia

Abstract: With the aim of contributing to the survey and the study of Alexandre Rodrigues Ferreira' s Philosophical Journey, in this work we have tracked down the path of his expedition to Belém and surroundings, from September, 1783, to October, 1784, by considering José Joaquim Freire's and Joaquim José Codina's water-colors. We have taken, as main references, published historic-geographical images that consist of prospects related to villages and towns of Pará State; prospective of agro-industrial machines for sugar cane and rice mills; and maps, in association to some animal drawings. We have focused our work on History of Science in a multidisciplinary way, dialoging with Art History, considering the expedition iconography under the circumstances in which it has been produced, that is, its explicit or implicit relationships with diaries, memories, instructions and letters written by Ferreira or engineers and architects that happened to be in the Colony, by that time. Furthermore, we have also considered the political, economical, and social context of the expedition. Throughout exhaustive iconographic and bibliographic surveys, we have found out a plurality of representative ways that testified the versatility of the artists, trained in Natural History, Engineering and Architecture technical drawings and Cartography - such a education was essential for their work. During the expedition, the iconographic production of Freire and Codina was dependent on field vicissitudes, such as available time for image making, healthy state of the expedition members, local topography, etc. We have also considered the copies produced by drawers from Casa do Desenho do Real Jardim Botânico de Ajuda, where the images have been re-elaborated, revealing important aspects of office production. The images produced in Belém and surroundings, in association with the texts of Ferreira, usually treated in an isolated way in the Philosophical Journey Historiography, have confirmed the closed relationship text-image. Those representations show the agricultural, urban and territorial approaches given by the Portuguese - naturalists and engineers working for the Portuguese Crown in the Colony - and reveal the Portuguese actions towards an effective Amazon colonization. We have found out that the Portuguese engineers, naturalists and managers occupying the Amazon region, by that time, used the images as tools for human and territorial recognition and appropriation
Subject: Expedições cientificas - Brasil - História - Séc. XVIII
História natural - Brasil
Ciência - História
Geografia
Idolos e imagens - Arte
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pataca_ErmelindaMoutinho_M.pdf13.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.