Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287021
Type: TESE
Title: Traços da participação feminina na institucionalização de praticas cientificas no Brasil : Bertha Lutz e o Conselho de Fiscalização das Expedições Artisticas e Cientificas do Brasil
Title Alternative: Features of femine participation in the institutionalization of scientific practices in Brazil : Bertha Lutz and the Brazilian Inspection Council on artistic and Scientific Expeditios, 1939-1951
Author: Sombrio, Mariana Moraes de Oliveira, 1982-
Advisor: Lopes, Maria Margaret, 1954-
Abstract: Resumo: A dissertação discute a participação das mulheres nas ciências com o objetivo de compreender quais condições, fatores e estratégias influenciaram o acesso feminino às instituições científicas brasileiras no início do século XX. Para elaborar esse estudo foi analisada a trajetória da cientista e militante feminista, Bertha Maria Júlia Lutz (18941976), contemplando principalmente sua atuação como representante do Museu Nacional do Rio de Janeiro no Conselho de Fiscalização das Expedições Artísticas e Científicas do Brasil, entre os anos de 1939 e 1951. Bertha Lutz foi uma das primeiras mulheres brasileiras a ingressar oficialmente em uma instituição científica, depois de ser aprovada em concurso público para o cargo de ¿secretário¿ do Museu Nacional, em 1919. Nesse mesmo ano, fundou uma associação feminista intitulada Liga Pela Emancipação Intelectual da Mulher e, desde então, dedicou-se intensamente às ciências e ao movimento feminista. Com o passar dos anos, deixou o cargo de ¿secretário¿ para assumir o de naturalista, consolidando uma carreira estável e bem-sucedida em ciências naturais. Como membro do Conselho de Fiscalização, participou do processo de construção da nascente política científica nacional, fiscalizando e licenciando expedições científicas realizadas em território brasileiro. Apoiando-se na idéia recorrente na bibliografia sobre gênero e ciências e história das mulheres de que a participação feminina nas ciências foi maior do que imaginamos, mas poucos são os registros existentes e os olhares lançados sobre essa experiência, consideramos que resgatar e analisar trajetórias de mulheres que atuaram como cientistas, relacionando essas experiências com seus contextos específicos, é um passo importante para que possamos compreender os diferentes modos pelos quais o gênero influenciou e continua influenciando a construção de práticas científicas, e para refletir sobre as influências sociais, políticas e econômicas que atingem essas práticas

Abstract: This dissertation discusses the participation of women in sciences with the objective of understand which conditions, factors and strategies had influenced the feminine access to Brazilian¿s scientific institutions at the beginning of 20th century. To elaborate this study we analyzed the trajectory of the scientist and feminist, Bertha Maria Júlia Lutz (18941976), contemplating mainly its performance as representative of the National Museum of Rio de Janeiro in the ¿Brazilian Inspection Council on Artistic and Scientific Expeditions¿, between the years of 1939 and 1951. Bertha Lutz was one of the first Brazilian women civil servant, after being approved in a public competition for the position of ¿secretary¿ of the National Museum, in 1919. In this same year, she created a feminist association entitled ¿League for the Intellectual Emancipation of Woman¿ and, since then, dedicated herself intensely to practice sciences and to the feminist movement. A few years later, she left the position of ¿secretary¿ to assume the position of naturalist, and consolidated a steady and well-succeeded career in natural sciences. As member of Inspection Council, she took part in the process of formulating national scientific policies, process that was just starting in Brazil. Based on the recurrent idea present in the bibliography on gender and sciences and women¿s history that the feminine participation in sciences was more important than we imagine, but there are few registers and a small number of analyses about this experiences, we consider that to rescue and to analyze trajectories of women that had worked as scientists, relating these experiences with its specific contexts, are an important contribution and can help the understanding of the different ways in which the gender influenced and it continues to influence the construction of sciences, and to reflect about the social, economical and political influences, that affects the scientific activity
Subject: Gênero
Ciência
Mulheres
Feminismo
Lutz, Bertha, 1894-1976
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sombrio_MarianaMoraesdeOliveira_M.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.