Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287013
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Dinâmicas de conhecimento na cooperação internacional para o meio ambiente = uma análise do ônibus movido a hidrogênio no Brasil com recursos do fundo para o meio ambiente mundial (GEF)
Title Alternative: Knowledge dynamics in the international cooperation for development : an analyzing of the fuel cell bus in Brazil with resources from the global environment facility (GEF)
Author: Gayard, Nicole Aguilar, 1986-
Advisor: Costa, Maria Conceição da, 1956-
Abstract: Resumo: No contexto de crescentes preocupações com a dimensão ambiental na agenda política global, tem havido um aumento de iniciativas de cooperação internacional para esta temática. O Fundo para o Meio Ambiente Mundial (GEF), criado em 1991, constitui um organismo multilateral, cujo financiamento se destina a projetos para a proteção do meio ambiente global, realizados em países em desenvolvimento. A proposta do GEF se enquadra no âmbito das assimetrias Norte-Sul para gerir os problemas ambientais, consistindo em um instrumento de auxílio aos países com menos recursos para participar na prevenção de problemas ambientais globais. A presente dissertação examina as dinâmicas de conhecimento envolvidas neste padrão de cooperação. Com base no referencial teórico do neofuncionalismo nas relações internacionais, discute-se o papel central que formas de expertise adquiriram na realização da cooperação internacional em geral, e mais especificamente, nas iniciativas voltadas ao meio ambiente, tendo sido incorporadas na estrutura das principais agências multilaterais de cooperação. A importância da expertise no estabelecimento de padrões e políticas ambientais é contraposta por abordagens - como os Estudos Sociais da Ciência e Tecnologia e a Teoria Cultural do Risco - que questionam a aparente neutralidade do conhecimento científico neste processo. Assim, argumenta-se que o maior nível de capacidades científicas e tecnológicas no Norte permite que este tenha uma posição privilegiada no momento de definir as políticas e opções de cooperação para o meio ambiente. Este referencial é utilizado para analisar um projeto de cooperação realizado no Brasil com recursos do GEF, para o desenvolvimento e teste de um protótipo de ônibus movido a hidrogênio. Foi possível concluir, com base neste projeto, que alternativas tecnológicas constituem um dos focos da cooperação internacional para o meio ambiente, e que a realização dos projetos permanece fortemente centrada na participação de experts. Por outro lado, promove-se a disseminação do uso de tecnologias e de conhecimentos associados a modelos de gestão ambiental, mas perpetua-se a dependência de tecnologias dos países em desenvolvimento em relação aos países desenvolvidos. Além disso, a participação do Sul na definição de agendas ambientais permanece prejudicada

Abstract: In the context of growing concerns about the environment in the global political agenda, there has been an increase in international environmental cooperation. The Global Environmental Facility (GEF) was established in 1991 as a multilateral organization, to fund projects aiming to protect the global environment, carried out in developing countries. This format is a response to international demands to consider North-South asymmetries in the promotion of environmental policies and projects. The present dissertation examines the dynamics of knowledge involved in this pattern of cooperation. Based on the theoretical framework of neo-functionalism from the field of International Relations, this work discusses the central role of expertise in conducting international aid, having been incorporated into the work and structure of the main multilateral agencies for cooperation. The importance of expertise in setting standards and policies for environment management is countered by scholars within the Social Studies of Science and Technology and Cultural Theory of Risk that challenge the apparent neutrality of scientific knowledge in this process. Thus, it is argued that the highest level of scientific and technological capacities in the North allows it to have a privileged position in defining environmental policies and international cooperation. These approaches are applied to analyze a project of cooperation carried out in Brazil and funded by the GEF, aimed to develop and test a prototype of hydrogen-powered bus. Based on this project, we concluded that alternative technologies are one of the main focus of international cooperation for the environment, and that the implementation of projects remains strongly based on participation of experts. On the other hand, environmental cooperation may promote the widespread use of technology and knowledge associated with environmental management, but it also perpetrates the technology dependence from South to North. In addition, the participation of developing countries in setting the global environmental agenda setting remains impaired towards the developed world
Subject: Cooperação internacional
Meio ambiente - Aspectos sociais
Politica ambiental - Cooperação internacional
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GAYARD, Nicole Aguilar. Dinâmicas de conhecimento na cooperação internacional para o meio ambiente = uma análise do ônibus movido a hidrogênio no Brasil com recursos do fundo para o meio ambiente mundial (GEF). 2011. 112 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287013>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gayard_NicoleAguilar_M.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.