Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286948
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estado, burocracia e mineração no Brasil (1930-1945)
Author: Bongiovanni, Luiz Antonio
Advisor: Martins, Luiz Augusto Milani, 1944-
Abstract: Resumo: Esta dissertação examina a forma, o conteúdo e a dinâmica da relação entre o Estado e o desenvolvimento do setor mineral no Brasil, no período de 1930-1945. Inicialmente faz-se uma reconstituição histórica desta relação, a partir da época colonial até atingir o período que foi objeto da pesquisa. Este período é marcado pela constituição do capitalismo industrial e pela construção das formas avançadas de Estado nacional, capitalista e burguês no Brasil. Para o setor mineral o período representou a sua institucionalização ao nível do direito (promulgação do 10 Código de Minas), da administração pública (criação do DNPM e CNMM) e empresarial (criação da CVRD). Um duplo processo de articulação foi investigado. De um lado, as articulações entre grupos e forças da sociedade e os agentes do Estado. De outro lado, as articulações entre as diversas agências do Estado, estabelecendo uma dinâmica interna. É possível concluir que neste período houve um avanço da mineração brasileira: ela foi politicamente valorizada, ganhou um arcabouço jurídico e administrativo; consolidou-se do ponto de vista do conhecimento geológico do país e houve um acentuado aumento da produção mineral

Abstract: This dissertation examines the fono, the content and the dynamics of the relationship between the Brazilian State and its mining activities in the period between 1930 and 1945. Initially a historical reconstruction is used from the Colonial Times until the period that is the subject of this research. This period is marked by the establishment of industrial capitalism in Brazil and by the construction of advanced forms of a national, capitalist and burgeois Brazilian State. For the mineral sector this period represented its legal, administrative and industrial establishment. A double process of articulation was investigated: on the one hand the articulations among the social groups and the State agents and on other hand the articulations among the diferent state agencies, thus determining an internal dynamics. It is possible to conclude that in this period there was a substantial progress in the Brazilian mining activities: it was given its political value and a juridical and administrative framework; it was consolidated under the managerial point of view; the basis of the country's geological knowledge was broadened and there was a marked increase in mineral production
Subject: Pesquisa mineralogica - Legislação - Brasil - 1930-1945
Siderurgia - Indústrias - Aspectos históricos
Estado - Aspectos econômicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BONGIOVANNI, Luiz Antonio. Estado, burocracia e mineração no Brasil (1930-1945). 1994. [126]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286948>. Acesso em: 19 jul. 2018.
Date Issue: 1994
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bongiovanni_LuizAntonio_M.pdf6.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.