Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286929
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: O polo Gesseiro do Araripe : unidades geo-ambientais e impactos da mineração
Author: Araujo, Sergio Murilo Santos de
Advisor: Martins, Luiz Augusto Milani, 1944-
Abstract: Resumo: Esta tese analisa os problemas ambientais gerados pela mineração de gipsita, caracterizando seu modo de exploração e suas implicações no meio natural. Além de um diagnóstico da situação em que se encontra a área, são sugeri das algumas medidas para a administração racional dos recursos naturais. Para tanto, foi confeccionada uma Carta Geo-ambiental, escala de 1: 1 00.000, segundo a dinâmica geo-ambiental atual, sob parâmetros dos elementos do meio fisico, buscando aferir o potencial das unidades identificadas para o uso, conservação e preservação, que servirá ao planejamento das atividades econômicas. A área de estudo situa-se no denominado Pólo Gesseiro do Araripe, oeste do Estado de Pernambuco, Nordeste do Brasil. A mineração de gipsita vem provocando desmatamentos, queimadas, erosão dos solos, assoreamento e alteração dos recursos hídricos. A abordagem da pesquisa é interdisciplinar, enfocando a relação homem - natureza, a partir da intervenção humana no meio ambiente e das modificações verificadas nos recursos naturais em função da atividade mineral. As principais contribuições da tese são as seguintes: a) confecção de um cartograma da vegetação e do uso do solo, tratamento de imagem do satélite Landsat TM 7 de 1999 da área de estudo - escala 1:225.000; b) confecção da Carta Geo-ambiental da área, escala 1:100.000; e c) avaliação de impactos ambientais - AIA, em uma amostra de 15 das 47 minas existentes na região. Com base nesses documentos são feitas sugestões e recomendações para um aproveitamento racional dos recursos naturais. Como conclusão, destaca-se que a mineração é, em parte, responsável pela degradação dos recursos naturais em curso, o que pode levar ao avanço do processo de desertificação na área, que se mostra suscetível a esse fenômeno

Abstract: This thesis analyses the environmental problems generated by gypsum mining, characterizing its way of exploitation and its implication to the natural environment. Besides a diagnosis of the situation of the affected area, this work offers some suggestions for a rational administration of the natural resources in question. A geo-environmental map was made, in a scale of I: I 00,000, according to the current environmental dynamics, under some parameters of the elements of the physical environment, in order to find the aptitude of the units that were identified for land use, maintenance and preservation, that will help to build a plan of economic activities. The area of study is located in the Araripe Gypsum District, in the west of the State of Pernambuco, northeast Brazil. Mining gypsum has provoked deforestation, bush fire, erosion of the soil, and changes in the water resources. The approach of this research covers several disciplines, focusing on man-nature relations starting from human intervention in the environment and the modifications verified in the natural resources caused by mining activity. The main contributions of this thesis are: a) making a map of the vegetation and land use and analysis/treatment of images of the area of study taken by the 1999 Landsat TM 7 satellite scale 1:225,000; b) making of geo-environmental chart of the area - scale 1:100,000; and c) environmental impact assessment in a sample of 15 out of the 47 mines of the region. Based on these documents, suggestions and recommendations are made for rational use of the natural resources. Conc1uding, it is notable that mining is partially responsible for the degeneration of the natural resources in the area and this might lead to an advance of the process of desertification and make this region vulnerable to this phenomenon
Subject: Geologia ambiental
Mineração e meio ambiente
Impacto ambiental
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ARAUJO, Sergio Murilo Santos de. O polo Gesseiro do Araripe: unidades geo-ambientais e impactos da mineração. 2004. 255p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286929>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_SergioMuriloSantosde_D.pdf12.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.