Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286927
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Crise da federação e federalismo corporativo : propostas de criação de novos estados no front agricola brasileiro
Title Alternative: Federacy crisis and corporative federalism: proposals of creation of new states in Brazilian agricultural front
Author: Nonato, Rita de Cassia
Advisor: Cataia, Marcio Antonio, 1962-
Abstract: Resumo: As propostas de criação dos estados do Araguaia, Maranhão do Sul, Gurguéia e Rio São Francisco localizam-se no front agrícola brasileiro marcado pela expansão da moderna agricultura pelo território. Nesses pontos luminosos há grande densidade de ciência e técnica, características do atual período técnico-científico e informacional. São essas parcelas do território que, distantes fisicamente do centro de gestão do território e carentes de redes de transportes, requerem uma maior regulação através da criação de novos estados. Sob esse aspecto, trabalhamos com a hipótese de que os projetos de redivisão territorial do front agrícola objetivam facilitar as atividades dos agentes hegemônicos ligados à moderna agricultura, ou seja, novo uso do território requer nova regulação política. No entanto, os objetivos perseguidos por essas propostas são parciais mostrando-se como um novo pacto territorial funcional. Não há um projeto de redivisão territorial para todo o território nacional. O aspecto particular assumido por essas propostas denuncia que o princípio de cooperação entre os entes que compõem a Federação brasileira está sendo ferido. O avanço tecnológico e sua desigual implantação no território fazem com que as unidades da Federação travem uma disputa intensa. Interesses localizados se sobrepõem aos interesses nacionais marcando a crise da Federação brasileira. A incorporação de ideais corporativos aos fundamentos da Federação nos conduz a discorrer sobre um novo processo: o federalismo corporativo. A análise dessas propostas de redivisão territorial revela o discurso do desenvolvimento que a região teria separando-se. Há, portanto, uma ideologia de desenvolvimento nutrindo as justificativas das propostas de criação de novas unidades político-administrativas

Abstract: The creation of the states of the Araguaia, Maranhão do Sul, Gurguéia and Rio São Francisco is proposed in Brazilian agricultural front, which is being affected by modem agriculture expansion. These are bright spots with great density of science and techniques, characteristics of the current technical-scientific and information period. Since these territories are distant from the governmental centers and lack efficient transportation nets, they require better regulation through the creation of new states. Following this approach, this paper is based on the hypothesis that such division would facilitate the activities of modem agricultural hegemonic agents, which means that the new use of those territories demands new political regulation. However, the scope of these proposals is incomplete since they seem to be a local, functional pact and don't comprehend a national territory redivision plan. They state that the principles of cooperation among the entities that compose the Brazilian Federation are being broken. The technological advances and their uneven implementation throughout the territory cause an intense dispute among the units of the Federation. Local interests override the national ones, and denote the Br;lz11i;ln Federation crisis. The assimilation of corporative ideas to the Federation fundamentais leads to the discussion of a new process: the Corporative Federalism. The analysis of these territorial re-division proposals disc1oses the idea that these regions would experience a development with the new organization. Therefore, there is an ideology of growth nourishing the proposals of creation of new political administrative units
Subject: Território nacional - Brasil
Geografia política
Federalismo
Divisões territoriais administrativas
Brasil - Fronteiras
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: NONATO, Rita de Cassia. Crise da federação e federalismo corporativo: propostas de criação de novos estados no front agricola brasileiro. 2005. 182p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286927>. Acesso em: 4 ago. 2018.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nonato_RitadeCassia_M.pdf6.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.