Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286865
Type: TESE
Title: Fungos, instituições, máquinas e pessoas em negociação = o percurso do fármaco P-Mapa
Title Alternative: Fungi, institutions, machines and people in negotiation : the course of the P-Mapa drug
Author: Fioravanti, Carlos Henrique
Advisor: Velho, Léa Maria Leme Strini, 1952-
Abstract: Resumo: Este trabalho expõe a diversidade de atores humanos e não-humanos - fungos, médicos, veterinários, camundongos, galinhas, cães, pacientes, pesquisadores acadêmicos, advogados, organizações não governamentais, empresários, diretores de agências de financiamento, assessores ad hoc, ministros, assessores de ministérios, jornalistas, vírus, bactérias e computadores - que se encontraram, se desencontraram, se conectaram (ou não) e se moveram em redes ora mais restritas, ora mais amplas, ao longo da construção do medicamento P-Mapa. As estratégias de ação adotadas pelos protagonistas também foram diversas. Inicialmente, o médico Odilon da Silva Nunes trabalhou durante quase 40 anos em um laboratório em sua própria casa, afastado dos centros formais de pesquisas científicas, para desenvolver e testar uma molécula que pudesse deter tumores, de acordo com sua própria hipótese sobre a origem do câncer. A pesquisa avançou por meio do trabalho coletivo de outros médicos e pesquisadores não-acadêmicos e acadêmicos que avaliaram a propriedades do composto de acordo com as regras convencionais de desenvolvimento de fármacos, ampliaram a escala de produção e o aplicaram experimentalmente para tratar um grupo restrito de pessoas com HIV/AIDS; por reconstituir as defesas naturais do organismo, o P-Mapa apresentou-se com uma rara versatilidade, a ponto de agir contra tumores, vírus, bactérias e protozoários em experimentos em modelos animais e em primeiros testes em seres humanos. Em seguida, sem lograr alianças com empresas que pudessem produzir o composto, o grupo se reorganizou, ampliou-se por meio de colaborações internacionais e concentrou a pesquisa sobre o medicamento em doenças infecciosas, especialmente as mais comuns em países em países pobres, como AIDS e tuberculose. Examinado por meio da Teoria Ator-Rede (TAR), o percurso do P-Mapa valoriza o papel dos mediadores para unir competências dispersas em torno de objetivos comuns de ganhos coletivos. A trajetória desse composto até o estágio inicial de testes em seres humanos ilustra estratégias inexploradas de produção de conhecimento científico no Brasil

Abstract: This work describes the diversity of human and non-humans actors - fungi, physicians, veterinarians, mice, chickens, dogs, patients, academic researchers, lawyers, non-governmental organizations, businessmen, funding agency heads, ad hoc referees, ministers, ministry officers, journalists, viruses, bacteria, and computers - who have met and separated, connected and split up, and moved into wider or narrower networks along the construction of the P-Mapa compound. The action strategies adopted by the protagonists were also diverse. Initially, the physician Odilon da Silva Nunes worked for almost 40 years in a private laboratory, away from formal science research centers, to develop and test a molecule that could block tumors, according to his own hypothesis about the origin of cancer. The research advanced through the collective work of other physicians and both non-academic and academic researchers who evaluated the compound's properties according to the regulation of drug development; they scaled up the production and tested the compound on a group of HIV-positive people. The P-Mapa, by rebuilding the body's natural defenses, showed a rare versatility, attacking tumors, viruses, bacteria and protozoa in experimental animal models and early testing on humans. Next, unable to forge alliances with pharmaceutical companies that could produce the compound, the research group reorganized, grew internationally and focused the research on infectious diseases, especially the most common in poor countries, such as AIDS and tuberculosis. Examined through Actor-Network Theory (ANT), the development of the P-Mapa highlights the role of mediators to bring together dispersed skills with common goals to achieve collective benefits. This compound's course from discovery to the early stage of human trials illustrates innovative ways to produce scientific knowledge in Brazil
Subject: Medicamentos
P-Mapa
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fioravanti_CarlosHenrique_D.pdf16.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.