Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286789
Type: TESE
Title: Analise espaço-temporal das condições meteorologicas e incidencia de gripe e pneumonia no municipio de São Paulo
Title Alternative: Temporal-spatial analysis of the relationships between meteorological data and incindence of the influenza (flu) and pneumonia in the São Paulo metropolis
Author: Miranda, Marina Jorge
Abstract: Resumo: Independente do conhecimento científico, a cultura popular, em qualquer parte do globo, associa as alterações do tempo meteorológico - chuva, umidade, temperatura, vento - com o comportamento da saúde humana. Estudos científicos têm sido realizados com o propósito de descobrir quais as reais relações entre os elementos meteorológicos ou climáticos e a ocorrência de doenças humanas de modo geral e, especificamente, dos aparelhos circulatório e respiratório. A metrópole de São Paulo vem apresentando alterações em suas condições climáticas locais devido às modificações nas características atmosféricas causadas pelo lançamento de poluentes, o aumento da temperatura e o impacto das precipitações que causam o crescimento do número de problemas, sobretudo de saúde pública. O presente trabalho avaliou de forma temporal e espacial, se os efeitos das condições micrometeorológicas e micro-climáticas da cidade de São Paulo interferem na saúde humana, utilizando técnicas estatísticas e de geoprocessamento. Foram analisados dados meteorológicos diários obtidos pela rede urbana de coleta pertencente a Somar Meteorologia e ao IAG/USP e dados de internações diárias de indivíduos com problemas respiratórios, mais especificamente com influenza (gripe) e pneumonia, obtidos na rede SUS. O período estudado foi de Janeiro de 2002 a Dezembro de 2005. Os estudos desenvolvidos para as condições atuais de clima poderão ser utilizados para simular cenários futuros de saúde humana nas grandes cidades em função do aquecimento global e podem auxiliar as políticas públicas urbanas e de saúde coletiva.

Abstract: Everywhere in the world, the popular culture associates the alterations in meteorological data - rain, wind, temperature, humidity - with the behavior of human health. Scientific studies have been conducted in the aim to relate the meteorology and climate to the occurrence of human diseases, specifically of the circulatory and respiratory systems. The Sao Paulo metropolis has shown changes in the meteorological conditions due to changes in atmospheric characteristics caused by the release of pollutants, which increased the impact of temperature and precipitation, inducing the number of issues, particularly in domain of a public health. This study evaluates the effects of micro-meteorological and micro-climate conditions into the human health, using statistic and geoprocessing techniques. The incidence of daily hospitalization of persons with respiratory problems, specifically with influenza (flu) and pneumonia, (obtained in the SUS network) has being relayed with variation in daily meteorological data (obtained by the IAG / USP). It was analyzed a period from January 2002 to December 2005. We are developing the models to simulate scenarios for human health in big cities in terms of global warming, which could help the planning and decisions of urban public policies and public health.
Subject: Morbidade
Climatologia medica
Saude publica - São Paulo (Estado)
Mudanças climaticas - São Paulo (Estado)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miranda_MarinaJorge_M.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.