Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286696
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Para alem da apropriação dos meios de produção? : o processo de adequação socio-tecnica em fabricas recuperadas
Title Alternative: Beyond appropriation of the means of production? the socio-technical adequation process in recovered firms
Author: Novaes, Henrique Tahan
Advisor: Dagnino, Renato Peixoto, 1948-
Abstract: Resumo: Esta dissertação apresenta as conclusões e o percurso teórico metodológico de uma pesquisa financiada pela Fapesp realizada em 8 Fábricas Recuperadas (FRs) brasileiras, argentinas e uruguaias para identificar processos de Adequação Sócio-Técnica (AST). No plano teórico, iniciou-se pela avaliação da concepção, entre outras, da corrente principal do marxismo, que acredita que as forças produtivas seguem um caminho inexorável e podem ser usadas numa eventual sociedade socialista. Provavelmente por isso, os partidários da Economia Solidária acreditam que a tecnologia convencional, engendrada sob a égide das relações sociais de produção capitalistas para atender à lógica de acumulação das grandes empresas, pode ser usada sem significativas modificações nos empreendimentos autogestionários que preconizam. Baseado na visão daqueles que revisitando o enfoque da construção social da tecnologia argumentam no sentido antagônico, e nos estudos sobre aprendizagem técnico-econômica latino-americanos, concebemos o conceito de AST. Ele pode ser entendido como um processo inverso ao da construção sócio - técnica, em que um artefato tecnológico sofreria um processo de adequação aos valores e interesses políticos de grupos sociais relevantes, distintos daqueles que originalmente participaram de sua construção. Na pesquisa empírica, observamos que as FRs, apesar de inseridas no sistema produtor de mercadorias e tendendo a reproduzir as relações de trabalho herdadas, promoveram processos de AST nos âmbitos de a) software: mudanças de natureza cultural ligadas à repartição do excedente (i.e., retiradas mais próximas ou igualitárias), adequação parcial da fábrica aos interesses dos trabalhadores, apropriação do conhecimento do processo produtivo sem modificação da divisão do trabalho; b) orgware: apropriação do conhecimento do processo produtivo com modificação da divisão do trabalho; c) hardware: aquisição de maquinário, adaptações e repotenciamento. As FRs observadas, embora tenham promovido processos que se inserem na tipologia de sete modalidades de AST propostas na metodologia desenvolvida na pesquisa, parecem encontrar obstáculos devido: a) à naturalização da organização do processo de trabalho pelos cooperados, b) ao fetiche da tecnologia, que leva a que se acredite que a última tecnologia é sempre a melhor e se ignore seu caráter relacional, c) ao tempo necessário para uma transformação significativa das forças produtivas e da forma de repartição do excedente, d) aos constrangimentos impostos pelo mercado capitalista

Abstract: This dissertation presents the conclusions and the methodologica1 theoretica1 course of a research accomplished in eight Recovered Firms (FRs) from Brazil, Argentine and Uruguay to identify processes of Socio-Technica1 Adequation (STA). In the theoretica1 approach, we began by evaluating the conception, among other, of the marxism's mainstream that believes that the productive forces follow a relentless road and they can be used in an eventual socialist society. Probably for that reason, the supporting of the Solidary Economy believe that the conventional technology, engendered under the aegis of the capitalist social relations of production to promote the accumulation of capital of the great companies, can be used without significant modifications in the self management enterprises that they extol. Based on the vision of those that revisiting the focus of the social construction of the technology argues in the antagonistic sense, and in the latin-americans studies on techno-economical learning, we conceived the concept of STA. It can be understood as an inverse process of the socio-technical construction, in that a technologica1 artefact would suffer an adaptation process to the values and politica1 interests of relevant social groups, different from those that originally participated in it construction. In the empiric research, we observed that RFs, in spite of having inserted in the system producing of goods and tending to reproduce the work relationships inherited, promoted processes of STA in the leve1s: a) software: changes of cultural nature linked to the partition of the surplus (closer or equalitarian "wages"), partial adaptation of the factory to the workers' interests, appropriation of the knowledge of the productive process without modification of the division of the labour; b) orgware: appropriation of the productive process's knowledge with modification in the division of the labour; c) hardware: acquisition of machines, adaptations and recapacity. Although the observed firms have promoted processes that interfere in the typology of seven modalities of ST A proposed in the methodology developed in the research, they face obstacles related with: a) the naturalization of the labour process's organization for those cooperated, b) the fetish of the technology, that takes us to believe the last technology is always the best and ignore it relational character, c) the necessary time for a significant transformation of the productive forces and in the way of partition in the surplus, d) the impediments imposed by the capitalist market
Subject: Administração - Participação dos empregados
Tecnologia - Aspectos sociais
Cooperativas
Solidariedade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: NOVAES, Henrique Tahan. Para alem da apropriação dos meios de produção?: o processo de adequação socio-tecnica em fabricas recuperadas. 2005. 223p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286696>. Acesso em: 5 ago. 2018.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Novaes_HenriqueTahan_M.pdf757.23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.