Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286692
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A politica cientifica e tecnologica e a politica de inclusão social : buscando convergencia
Title Alternative: Science and technology and social inclusion policies : seeking convergence
Author: Serafim, Milena Pavan, 1981-
Advisor: Dagnino, Renato Peixoto, 1948-
Abstract: Resumo: Esta dissertação analisa duas políticas públicas ¿ a política científica e tecnológica (PCT) e a política de inclusão social (PIS) ¿ e tem como ponto de partida a constatação de que existe uma inadequada interação entre elas. Como objetivo, este trabalho busca produzir elementos cognitivos capazes de possibilitar sua interlocução e convergência. Como hipótese explicativa da inadequada interação entre as duas políticas e de sua incapacidade para viabilizar a inclusão social, apontamos para o modelo cognitivo usado para a sua elaboração. O entendimento que os atores envolvidos com as políticas - formuladores, gestores, estudiosos da PIS e da PCT, etc. ¿ têm da relação entre ciência, tecnologia e sociedade e, em particular, a predominância das concepções da neutralidade e do determinismo científico e tecnológico, que ocupa um papel central nesse modelo cognitivo, é a importante condicionante dessa situação. Para estudar essa inadequada interação, usamos o instrumental de Análise de Política, dada a sua capacidade de explicitar os aspectos políticos envolvidos no processo de elaboração das políticas públicas e como estes influenciam o seu conteúdo. É privilegiada a análise dos processos de identificação de prioridades, de conformação da agenda e de formulação da política, por entendermos que eles são importantes para identificar o modelo cognitivo das políticas e, no âmbito de nosso trabalho, caracterizar a inadequada interação entre as duas políticas. O estudo da trajetória das duas políticas revelou mudanças mais ou menos concomitantes, associadas às alterações do contexto que as envolve. No caso do período mais recente, embora o governo atual tenha proposto um estilo de desenvolvimento distinto do até então adotado, o modelo cognitivo das duas políticas não se alterou de forma significativa, uma vez que foram mantidas aquelas concepções acerca da C&T. Como proposta normativa, este trabalho concebeu o que denominamos de "Enfoque Científico-tecnológico para Inclusão Social" orientado a viabilizar a interação entre as duas políticas através da constituição de um modelo cognitivo baseado na crítica àquelas duas concepções

Abstract: This Master's dissertation is focused on the analysis of two important public policies: science and technology policy and social inclusion policy. The study is based on the perception that the interaction between the two policies is rather inadequate. It is thus directed to discussing elements that may be used toward stimulating the interaction and convergence of these two policies. As an explanatory hypothesis regarding this inadequate interaction and the constraint it represents for social inclusion, we point out to the cognitive model used in the elaboration of these two policies. The perception shared by those involved with this process ¿ policy makers, administrators, STP and SIP researchers, etc. ¿ regarding science and technology and their relation to society, and particularly the view on scientific and technological neutrality and determinism, which plays a pivotal role in this cognitive model, is the main cause of this situation. In order to study in detail this inadequate interaction between the two policies, the Policy Analysis framework is utilized, given its capability of unveiling political aspects that involve policy making and policy characteristics. The analytical tools for priority identification, agenda conformation and policy making are emphasized, due to their importance in allowing a more complete understanding of public policies, including the cognitive model that shapes them and the aspects of their interaction. The analysis of the trajectory of these two policies has revealed some significant changes, somewhat connected, that are associated to some broader contextual changes. Particularly in the more recent period, despite a new proposal for development from the current office, it is noted that the cognitive model of the two policies has not been significantly altered, due to the persistence of the views on scientific and technological neutrality and determinism. As a normative proposal, the ¿Cognitive Approach to Social Inclusion¿ is presented. It is directed towards allowing the interaction between the two policies through the construction of a cognitive model based on the criticism concerned the views on scientific and technological neutrality and determinism
Subject: Politica - Aspectos sociais
Politica de C&T
Inclusão social
Tecnologia - Aspectos sociais
Políticas públicas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SERAFIM, Milena Pavan. A politica cientifica e tecnologica e a politica de inclusão social: buscando convergencia. 2008. 138p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286692>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Serafim_MilenaPavan_M.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.