Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286651
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Reestruturação organizacional : uma avaliação a partir da estrutura do emprego do setor automotivo paulista-1898-1994
Author: Rosandiski, Eliane Navarro
Advisor: Carvalho, Ruy de Quadros, 1953-
Abstract: Resumo: A difusão das novas tecnologias de base microeletrônica inaugurou uma nova fase concorrencial em que elementos novos, tais como conhecimentos tácitos e a capacitação tecnológica ganharam maior importância estratégica e o padrão de utilização da força de trabalho passou a ser definido mais ao nível de cada empresa. As chamadas "novas formas de gerenciamento da mão-de-obra" seriam a síntese de estratégias que procuram combinar novas tecnologias com formas polivalentes de uso do trabalho como forma de obtenção de flexibilidade produtiva e organizacional para atuarem num determinado ambiente concorrencial. Contudo, o processo de construção de vantagens competitivas está limitado por diferenças territoriais, regionais e setoriais. Fatores de competitividade, tais como atuação da política econômica e padrões institucionais de uso do trabalho exercem influência sobre as formas como a empresa combina os recursos disponíveis, incluindo mão-de-obra, para obter o melhor resultado no ambiente concorrencial. Partindo da hipótese que, no período recente, o ambiente concorrencial das empresas automotivas brasileiras está demandando novos padrões de qualidade, produtividade e flexibilidade, devido à sua dinâmica mais internacionalizada, pôde-se traçar uma correlação entre estes fatores e as tendências encontradas nos dados agregados. Os saltos de produtividade experimentados pelo setor automotivo no período recente podem ter sido fruto de uma estratégia de racionalização da produção que visou, em especial, o enxugamento da estrutura produtiva e a capacitação do trabalhador para ao menos gerir a qualidade. Dessa forma, neste setor, padrões novos de uso do trabalho estão sendo utilizados para alcançar maior flexibilidade e redução de custos

Abstract: The dissemination of new technologies based on microelectronics gave rise to a new phase of competition, in which new elements such tacit knowledge and technological qualification assume strategic importance. The pattem of use of labor is thus increasingly determined at company leveI. The so-called 'new forms of labor management' are the synthesis of strategies that seek to combine new technologies with multivalent forms of labor use, in order to obtain flexibility in production and organization in a specific competitive environrnent. However, the process of building competitive advantages is limited by territorial, regional and sectorial differences. Competitiveness factors, such as economic policy and institutional pattems of labor use affect the way firms combine available resources, labor included, so as to obtain better results in the competitive environrnent. Assuming that the competitive environrnent in which automotive firm operate has recently demanded new standards of quality, productivity and flexibility, due to its increasingly intemationalized dynamics, a correlation can be drawn between these factors and tendencies found in the aggregate data. The changes in productivity recently experienced by automotive sector may have been the result of productivity rationalization strategies intended to downsize the production structure and empower the worker to manQe aualitv. In this wav. new oattems oflabor use are being used to achieve grater
Subject: Qualificações profissionais
Política de mão de obra - Indústria automobilística
Trabalhadores da industria automobilistica - São Paulo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rosandiski_ElianeNavarro_M.pdf4.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.