Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286633
Type: TESE
Title: Estudo sobre o movimento Open Access e de suas implicações para a comunicação na ciência
Title Alternative: Study of the open access movement and its implications for the communication in science
Author: Santos, Jean Carlos Ferreira dos, 1988-
Advisor: Monteiro, Marko Synesio Alves, 1975-
Abstract: Resumo: O Movimento Open Access é um conjunto de iniciativas mundiais que busca tornar gratuito o acesso à literatura científica revisada por pares por meio de periódicos e repositórios disponibilizados na internet. O presente estudo objetivou analisar as práticas associadas à comunicação científica e como elas se relacionam com a proposta do Movimento Open Access. Tomou-se como referência a compreensão de cientistas brasileiros da área de Ciências Agrárias sobre a publicação em acesso aberto, buscando-se estabelecer uma reflexão acerca dos elementos envolvidos nas práticas de publicação desses pesquisadores, tais como os fatores envolvidos na seleção dos veículos para a comunicação dos resultados de pesquisa. Analisaram-se os princípios do Movimento Open Access, destacando-se o papel da comunicação na ciência e sua relação com a aquisição do reconhecimento social e com o sistema de distribuição de recompensas entre os cientistas. Foram discutidos os principais fatores associados ao surgimento desse movimento, quais sejam: a insatisfação dos cientistas e das instituições de pesquisa com o aumento dos preços das assinaturas de periódicos oferecidos por editoras científicas comerciais e o surgimento de novos formatos de publicação possibilitados pelas tecnologias de informação e comunicação. Em seguida, analisou-se o acesso aberto no Brasil, elencando as principais iniciativas existentes, suas características e os atores institucionais envolvidos com sua implantação. Por fim, analisou-se, a partir de entrevistas, a compreensão dos pesquisadores das Ciências Agrárias sobre a publicação científica em acesso aberto. As conclusões do estudo apontam para limitações das escolhas de publicação dos pesquisadores em torno de periódicos de prestígio e de alto Fator de Impacto. Tais escolhas se dão influenciadas pela valorização dessas publicações nas avaliações científicas realizadas pelas principais agências de fomento à pesquisa do país, o que representa uma barreira substancial para os pesquisadores publicarem em periódicos de acesso aberto que não se enquadram nessas especificações. Ademais, os resultados evidenciaram que os órgãos que operam o sistema de avaliação científica e de recompensas têm um importante papel na modificação ou permanência de práticas de publicação consagradas, assim como na aceitação do acesso aberto entre os pesquisadores

Abstract: The Open Access Movement is a set of global initiatives that seek to provide free access to peerreviewed scientific literature through journals and repositories available on the internet. This study aimed to analyze the practices associated with scientific communication and how they relate to the proposals of the Open Access Movement. We took as a reference the comprehension of some Brazilian scientists in the field of Agricultural Sciences on the open access publication, seeking to establish a reflection on the elements involved in the publishing practices of these researchers, such as the criteria involved in the selection of vehicles for the communication of the research results. We analyzed the principles of the Open Access Movement, emphasizing the role of communication in science and its relation to the acquisition of social recognition and to the system of distribution of rewards among scientists. We discussed the key events associated with the emergence of this movement, which are: the dissatisfaction of scientists and research institutions with the increasing prices of journal subscriptions offered by commercial scientific publishers and the emergence of new publication formats made possible by information and communication technologies. Then, we analyzed the open access in Brazil, listing the major existing initiatives, their characteristics and the institutional actors involved in its implementation. Finally, we analyzed, through interviews, the understanding of researchers in the field of Agricultural Sciences on open access scientific publication. The results of our study point to limitations in the choices of researchers around prestigious and high impact factor journals. Such choices are influenced by the value given to these publications in the scientific evaluations conducted by the major research funding agencies in the country, which represents a substantial barrier for researchers to publish in open access journals that do not fit these specifications. Moreover, the results showed that the agencies which operate the system of scientific evaluation and rewards play an important role in the modification or permanence of established publication practices as well as for the acceptance of open access by researchers
Subject: Divulgação científica - Periódicos
Comunicação na ciência
Publicações científicas
Pesquisa agropecuaria
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_JeanCarlosFerreirados_M.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.