Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286612
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Mapeamento das áreas suscetíveis à fragilidade ambiental na alta bacia do Rio São Francisco, Parque Nacional da Serra da Canastra - MG
Title Alternative: Mapping of suceptible areas to environmental fragility in the upper Sao Francisco river basin, National Park of Serra da Canastra
Author: Messias, Cassiano Gustavo, 1987-
Advisor: Ferreira, Marcos César, 1957-
Abstract: Resumo: As paisagens rurais vêm sendo transformadas continuamente pela ocupação humana, principalmente em razão de adaptações técnicas requeridas para o desenvolvimento da agricultura. De maneira geral, estas alterações antrópicas estão diretamente ligadas à utilização dos recursos naturais como insumos da produção agrícola. Os recursos mais impactados por este modo de produção são a vegetação e o solo. Dentre as formas de avaliação do grau de comprometimento da paisagem em razão da exploração agrícola do território é o mapeamento da fragilidade ambiental. Esta pesquisa teve como principal objetivo avaliar os graus de fragilidade ambiental de diferentes áreas do Parque Nacional da Serra da Canastra, situado no sudoeste de Minas Gerais. Criado em 1972, o parque tem como meta principal preservar ecossistemas naturais ainda existentes no bioma do cerrado brasileiro. A metodologia de mapeamento da fragilidade ambiental utilizada neste trabalho baseia-se em cinco variáveis geográficas: índice de vegetação, probabilidade de ocorrência de chuvas intensas, declividades, densidade de estradas e densidade de lineamentos estruturais. Estas variáveis foram processadas em sistemas de informação geográfica, por meio de técnicas de análise espacial, utilizadas para a transformação destas, mapeadas segundo a lógica booleana, em variáveis probabilísticas fuzzy. Os mapas fuzzy foram combinados por meio de algoritmo baseado em soma ponderada, gerando-se um mapa de fragilidade ambiental do Parque Nacional. Este mapa final foi comparado a mapas de processos erosivos e de movimento de massa, checados em campo, com o objetivo de se atribuir pesos às variáveis ambientais por meio do teste de Kolmogorov-Smirnov. A metodologia se mostrou eficiente para a identificação e mapeamento de áreas com maior grau de fragilidade no parque, considerando-se a evidência dos processos erosivos e dos movimentos de massa

Abstract: Rural landscapes have been continually transformed by human occupation, mainly due to technical adjustments required for the development of agriculture. In general, these anthropogenic changes are directly linked to the use of natural resources as inputs into agricultural production. The resources most impacted by this mode of production are the vegetation and soil. Among the manners of assessing the degree of landscape vulnerability is the environmental fragility mapping. This research aimed to assess the degree of environmental vulnerability of different areas located within the Serra da Canastra National Park, located in southwestern Minas Gerais. Created in 1972, the park has as main goal to preserve remaining natural ecosystems of the Brazilian Cerrado biome. The methodology for environmental fragility mapping, used in this work, is based on five geographic variables: vegetation index, probability of intense rainfall, slope terrain, roads and structural lineaments densities. These variables, mapped according to the Boolean logic, were processed in a geographic information system through spatial analysis techniques and transformed in fuzzy probabilistic variables. The fuzzy maps were combined by means of algorithm based on a weighted sum, generating the environmental fragility map of the National Park. The estimative of weights values of the five environmental variables was carried out comparing erosion-mass movement maps and the fragility map, using the D-value of Kolmogorov-Smirnov test. Considering the evidence of erosion and mass movements, we concluded that the methodology is efficient for the identification and mapping of areas with the high degree of fragility in the park
Subject: Vulnerabilidade ambiental
Avaliação de riscos ambientais
Testes de Kolmogorov-Smirnov
Análise espacial
Parque Nacional da Serra da Canastra (MG)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Messias_CassianoGustavo_M.pdf23.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.