Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286609
Type: TESE
Title: A co-evolução entre os sistemas setoriais de inovação e a gestão da inovação tecnológica nas organizações : os casos de energia e mineração no Brasil
Title Alternative: Co-evolution of sectoral innovation systems and innovation technology management in organizations : the cases of energy and mining in Brazil
Author: Pfitzner, Mariana Savedra, 1980
Advisor: Salles Filho, Sérgio, 1959-
Salles-Filho, Sérgio Luiz Monteiro
Abstract: Resumo: Esta tese analisa os Sistemas Setoriais de Inovação (SSIs) de energia e mineração brasileiros, comparando-os com os de outros três países (Canadá, Alemanha e Austrália) e mostra evidências de que os SSIs e seu respectivo modelo de gestão da inovação co-evoluem e são coerentes em seus níveis de desenvolvimento. Os SSIs são pautados pelas relações mercadológicas e não-mercadológicas entre seus atores, isto é, empresas, governos e Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs). A avaliação dos SSIs de energia e mineração aqui proposta está fundamentada em três eixos, que representam o macroambiente (externo à empresa), assim como no conjunto de estruturas (fatores determinantes), processos e ferramentas de gestão da inovação, pertencentes ao microambiente empresarial. Quanto ao macroambiente, o Eixo 1 constitui-se da dinâmica produtiva e de C,T&I do Brasil e demais países, derivada da análise das cadeias produtivas e da construção de indicadores setoriais de esforço e desempenho, os quais ajudam a caracterizar a densidade dos SSIs brasileiros vis-à-vis o Canadá, a Alemanha e a Austrália. O Eixo 2 descreve os grupos de atores comuns a todos os países e avalia seu protagonismo, presença, influência e dependência nos respectivos SSIs. O Eixo 3 analisa marcos e diplomas legais favoráveis à difusão da inovação. Por seu turno, a caracterização do microambiente empresarial é feita por intermédio de multiple case studies e de indicadores de esforço e desempenho em seis empresas brasileiras (Vale, Samarco, Cemig, CPFL, Furnas e Eletronorte). Na condução dos estudos de caso mapearam-se estratégias, processos de gestão da inovação, ferramentas, governança e aspectos da cultura empresarial que são comuns às empresas. Tem-se que a gestão da inovação nas organizações pesquisadas co-evolui com o macroambiente dos SSIs ¿ os quais não têm densidade ¿ e está adstrita ao desenvolvimento desses

Abstract: This PhD analyses the Brazilian Sectoral Systems of Innovation (SSIs) for energy and mining by comparing them with other countries (Canada, Germany and Australia) and it also shows evidences that the model of innovation management in organizations co-evolve coherently with the requirements of the SSI. The SSIs are based on market and non-market relations, including companies, government and Science and Technology Institutions (STIs). The proposed evaluation of the SSIs for energy and mining is based on three axes that represent the macroenvironment (outside companies¿ boarders) and a group of structures as well as innovation management processes and tools, which belong to the microenvironment. Regarding the macroenvironment, the first axis is formed by the productive and ST&I (Science, Technology and Innovation) dynamics particularly on the productive chains and performance indicators. This axis characterize Brazilian¿s SSIs density vis-à-vis the Canadian, German and Australian ones. The second Axis describes common groups of actors for the selected countries and evaluates their role, presence, influence and dependence regarding their SSIs. The third axis analyses the legal aspects that foster innovation diffusion. The characterization of the organizational microenvironment is carried by multiple case studies and indicators that measure effort and performance in six Brazilian companies (Vale, Samarco, Cemig, CPFL, Furnas and Eletronote). While analysing the case studies, the strategies, processes of innovation management, governance and aspects of the organizational culture that are common to the companies have been raised. Therefore, innovation management in organizations co-evolves with the macroenvironment of the Brazilian SSIs ¿ which do not have density ¿ and its development is attached to them
Subject: Sistema de Inovação
Gestão da inovação
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pfitzner_MarianaSavedra_D.pdf3.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.