Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286586
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: O estado e as empresas multinacionais no desenvolvimento produtivo e tecnológico da indústria automobilística chinesa
Title Alternative: The state and multinational companies in productive and technological development of chinese automobile industry
Author: Teixeira, Rodrigo Diogo, 1983-
Advisor: Queiroz, Sérgio Robles Reis de, 1956-
Abstract: Resumo: Este trabalho se mostra importante colaboração na gestão pública da inovação tecnológica setorial para os Países em desenvolvimento que desejam industrias competitivas de alta intensidade de P&D, em produtos e processos de produção que aumentam a lucratividade, devido ao alto valor agregado da pauta de exportação, no ativo comercio internacional, como acontece nos países desenvolvidos. Aqui está registrada a formação da indústria automobilística chinesa, as políticas públicas do Estado centralizador chinês, avanços institucionais na visão deste planejador, que abarca as empresas multinacionais, como propulsoras do processo de aprendizagem para capacitação das empresas chinesas deste setor. Nossa metodologia de pesquisa foi empírica, descritiva e exploratória, com levantamento de dados primários e uso de fontes secundárias. Todos os dados após serem tabulados em planilhas Excel foram tratados com o uso da estatística descritiva. Concluímos na nossa avaliação que o desenvolvimento das capacidades de aprendizagem institucional fundamentou a evolução vista nos anos de 1990 das capacidades produtivas e tecnológicas nas montadoras chinesas. Além disso as relações em Joint Ventures Internacionais (JVIs) elevou os níveis de aprendizagem das firmas nesses conjuntos de capacidades observadas. Os efeitos de transbordamento causados pelo dinâmico processo da aprendizagem das firmas promoveram rápida capacitação para inovar nas empresas independentes de capital privado que vieram após a política de 1994. Como consequência, as EMNs e o Estado ampliaram a vantagem competitiva da indústria de automóveis chinesa, sendo que as empresas estrangeiras foram muito importantes na transferência da tecnologia avançada para suas parceiras chinesas estatais, por meio das variadas JVIs, para a construção do ambiente inovador e a difusão da inovação tecnológica nas montadoras das regiões sedes do setor. Além disso, alocando recursos na direção de promover a interação produtiva, elevando os níveis de desenvolvimento regional e a relação entre universidade-empresa, realizando a intermediação de P&D das montadoras chinesas com a esfera acadêmica e a alocação de pesquisadores na indústria

Abstract: This work shows important collaboration in public management of sectoral technological innovation for developing countries wishing to competitive industries of high-intensity R & D on products and production processes that increase profitability due to the high value-added export products, in active international trade, as in developed countries. Here is recorded the formation of China's auto industry, the public policy of the Chinese central state, institutional progress in view of this planner, which includes multinational companies such as driving the learning process for training of Chinese companies in this sector. Our research methodology is empirical, descriptive and exploratory, with primary data collection and use of secondary sources. All data after being tabulated on Excel spreadsheets were treated using descriptive statistics. We concluded in our assessment that the development of institutional learning capabilities based the evolution seen in the 1990s the productive and technological capabilities in the Chinese automakers. Moreover relations in Joint Ventures International (JVIs) raised firms' learning levels observed in these sets of abilities. The spillover effects caused by dynamic firms learning process promoted rapid capacity to innovate in the independent firms of private capital that came after the 1994 political Consequently, MNCs and the state expanded the competitive edge of Chinese auto industry, and that foreign companies were very important in transferring advanced technology to its state-owned Chinese partner, through JVIs varied, to build the innovative environment and the diffusion of technological innovation in the regions automakers sector headquarters. In addition, allocating resources towards promoting productive interaction, raising levels of regional development and the relationship between universities and companies, performing the intermediation of R & D of Chinese automakers with the academic sphere and the allocation of researchers in industry
Subject: Capacitação tecnologica
Política industrial
Desenvolvimento regional
Inovação tecnológica
Indústria automobilística - China
Editor: [s.n.]
Citation: TEIXEIRA, Rodrigo Diogo. O estado e as empresas multinacionais no desenvolvimento produtivo e tecnológico da indústria automobilística chinesa. 2015. 1 recurso online ( 152 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286586>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Teixeira_RodrigoDiogo_M.pdf2.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.