Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286577
Type: TESE DIGITAL
Title: A agenda de pesquisa em oncologia molecular no estado de São Paulo (1971-2013)
Title Alternative: The molecular oncology research agenda in São Paulo, Brazil (1971-2013)
Author: Silva, Renan Gonçalves Leonel da, 1989-
Advisor: Costa, Maria Conceição da, 1956-
Abstract: Resumo: Na primeira década do século XXI, um novo campo interdisciplinar da pesquisa biomédica conhecido por "Oncologia Molecular" se desenvolveu significativamente em alguns países industrializados, dentre eles, o Brasil. Em 1980 existiam apenas quatro artigos científicos brasileiros publicados sobre o tema em periódicos indexados no Web of Science. No fim de 2012, esse número chegou à dois mil cento e setenta e um trabalhos (2.171), evidenciando um grande avanço na área. No entanto, o desenvolvimento da pesquisa em Oncologia Molecular foi mais dinâmico nas instituições paulistas, estado em que se concentra 54% da produção científica nacional. Mas a que se deve esta concentração? Este trabalho resgata a trajetória de organização da pesquisa em Oncologia Molecular no Estado de São Paulo. O objetivo é analisar quais fatores levaram essa agenda de pesquisa a assumir uma configuração específica ¿ por um lado, em termos da evolução e distribuição do desembolso estadual com pesquisa e capacitação de recursos humanos (por área do conhecimento da FAPESP e instituição de pesquisa) e, por outro lado, em termos da disposição atual da produção científica no estado (por categoria do conhecimento do Web of Science e instituição de pesquisa). A metodologia está baseada em "pesquisa de métodos mistos", que combina (1) entrevistas semi-estruturadas com 16 pesquisadores e dirigentes de política envolvidos com o tema no plano estadual; (2) análise de base dados sobre o desembolso praticado pela FAPESP ("auxílios a pesquisa" e "bolsas no país") para a área, entre 1993-2012; (3) levantamento das publicações científicas estaduais (artigos) indexadas na base Web of Science, entre 1994-2013 e (4) pesquisa documental sobre o histórico das instituições de pesquisa que permitiram o desenvolvimento do campo no estado. O conceito de "agenda de pesquisa" contribui para uma análise situada da política científica e tecnológica, sobretudo se discutido em sua dimensão histórica e regional, identificando com maior precisão o papel dos distintos atores na configuração de um ambiente institucional para campos interdisciplinares da ciência

Abstract: In the first decade of the 21st century, a new interdisciplinary field of biomedical research, known as Molecular Oncology, was developed significantly in some industrial countries ¿ among them, Brazil. As a sign of this development, in 1980 there were only four published scientific papers on the area in indexed journals in the Web of Science. By the end of 2012, their number got to 2171 papers. However, the development of research in Molecular Oncology was more dynamic in institutions from the State of São Paulo, where 54% of the national scientific production lies. At last, what could explain this concentration? This research focuses on the trajectory of research in Molecular Oncology in the State of São Paulo. The objective is to analyse which factors made this research agenda assume a specific configuration ¿ on one hand, in terms of the evolution and distribution of the state expenditure on research and training of human resources (by area of knowledge according to FAPESP and research institutions) and, on the other hand, in terms of the current disposition of the scientific production in the state (by knowledge category according to the Web of Science and research institutions). The methodology is based on Mix Methods Research, that allies (1) semi structured interviews with 16 researchers and policy managers involved in the area in the State level; (2) database analysis about the expenditure on the area by FAPESP (research grants and scholarships) from 1993 to 2012; (3) compilation of scientific publications (papers) from the State of São Paulo that are indexed in the Web of Science, from 1993 to 2012; and (4) documentary research on the history of research institutions that have allowed the development of the research field in the State. The concept of "research agenda" contributes to an analysis focused on science and technology policy, especially when discussed in its historical and regional dimension. It identifies with greater precision the role of various actors in the configuration of an institutional environment for interdisciplinary fields of science
Subject: Pesquisa
Pesquisa médica
Oncologia
Biologia molecular
Câncer - São Paulo (Estado)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_RenanGoncalvesLeonelda_D.pdf4.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.