Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286561
Type: TESE DIGITAL
Title: Tirando a natureza do anonimato na Revista Química Nova na Escola
Title Alternative: Taking the anonymity of nature in the "New Chemistry in School" review
Author: Santos, Maria José dos, 1959-
Advisor: Gonçalves, Pedro Wagner, 1958-
Abstract: Resumo: A forma como a sociedade concebe a natureza é fulcral para tratar a temática ambiental no contexto escolar. Nessa perspectiva foi realizada uma pesquisa qualitativa desenvolvida por meio de análise de conteúdo para identificar como a natureza é tratada no Ensino de Química. Foram levantados artigos de ensino de Química publicados entre 1995 e 2014, na revista Química Nova na Escola (QNEsc) e nos seus Cadernos Temáticos. A seleção dos artigos da QNEsc foi feita por meio de termos chaves: natureza, ambiente, meio ambiente, Química Ambiental e Química Verde e outras palavras que indicassem temas ambientais. O campo teórico da pesquisa foi apoiado na Filosofia e História da Ciência e na tendência crítica da Educação Ambiental. O corpus da investigação contou com 75 artigos no total. As categorias naturalista, antropocêntrica, sistêmica e atomizada foram usadas para classificar os artigos. Os descritores contexto escolar, tema ambiental, esferas terrestres, abordagem interdisciplinar, ciclos biogeoquímicos, Parâmetros Curriculares e formação e atuação dos autores contribuíram para mostrar que predomina nos artigos o ensino médio, 32% dos temas tratam do contexto da hidrosfera, 29,3% da crosta terrestre, 21,3% da atmosfera, 6,7% da biosfera e 10,7% de outros contextos. A abordagem interdisciplinar está presente em 32% dos artigos, os ciclos biogeoquímicos em 18,6 e os Parâmetros Curriculares estão nos referenciais de 16% dos artigos. Na formação dos autores predomina a área da Química. A maior parte dos autores atua no ensino superior e os professores da educação básica são autores em parceria com docentes do ensino superior. Em 52% dos artigos encontramos aproximação com a concepção de natureza antropocêntrica, 20% tem aproximação com a concepção de natureza atomizada, 12% são artigos de outras concepções (artigos nos quais não foi possível identificar as concepções de natureza), 9,3% dos artigos se aproximam da concepção sistêmica e 6,7% têm aproximações com a concepção antropocêntrica e atomizada de natureza. Esse mapeamento da temática ambiental revela que a revista e os Cadernos Temáticos têm aproximação com a concepção de natureza antropocêntrica, seguida em menor escala pela aproximação da concepção atomista de natureza; a maior parte dos artigos não se apoia em outras disciplinas para desenvolver temas ambientais e não utilizam os ciclos biogeoquímicos como contexto; a formação dos autores não influencia as concepções de natureza presentes nos artigos; os documentos oficiais não influenciam as concepções de natureza; os contextos mais comuns são hidrosfera e crosta terrestre; os fatores que podem influenciar as concepções de natureza que prevalecem nos artigos podem estar na própria área da Química. A investigação revela que existe a necessidade de reflexão e mudança na percepção da natureza por parte da comunidade de Ensino de Química para adotar uma compreensão mais sistêmica da mesma

Abstract: The way society conceives of nature is crucial to address environmental issues in the school context. From this perspective a qualitative research on identifying how nature is treated, while teaching chemistry, was held. The content of chemistry teaching papers published from 1995 to 2014 on Química Nova na Escola, (QNEsc) and in its Thematic Books (official publications of Brazilian Chemical Society) was analysed. The research for these papers was performed by means of keywords: nature, environment, environmental chemistry and green chemistry, among other words that indicate environmental issues. The theoretical field of this research was supported by Philosophy and History of Science and the critical trend of environmental education. The selected set was comprised of 75 papers. The naturalistic, anthropocentric, systemic and atomized categories were used to sort the articles. School context, environmental issues, terrestrial sphere, interdisciplinary approach, biogeochemical cycles, curriculum standards, education and performance of authors were descriptors which contributed to show that among all papers, high school level predominate, 32% of subjects deals with the context of the hydrosphere, 29.3% the crust of Earth, 21.3% the atmosphere, 6.7% the biosphere and 10.7% with other contexts. The interdisciplinary approach is present in 32% of the articles, the biogeochemical cycles in 18.6% and the curriculum standards were referred by 16% of them. Chemistry is the predominant area of formation of the authors. Most of these authors work at the college level while high school level teachers are partners and co-authors. In 52% of the articles, the anthropocentric conception of nature was found, 20% rests on the atomized conception, 12% on other conceptions not clearly determined, 9.3% on the systemic conception and, 6.7% on anthropocentric and atomized conception. These results reveal that the review and the Thematic books have an approach closer to the design of an anthropocentric nature, then to a lesser extent an atomistic conception. Most of the articles are not based on other disciplines to develop environmental themes and do not use the biogeochemical cycles as context. The education of the authors does not seem to influence the conception of nature in the articles. The official documents do not influence the conceptions of nature; the most common contexts are hydrosphere and the Earth's crust. The factors that can influence the conceptions of nature prevailing in the articles may be part of the chemistry field. This research shows that there is a need for reflection and change in the perception of nature by the Chemistry Teaching community to adopt a more systemic understanding of it
Subject: Química - Ensino
Geociências
Ensino
Natureza
Meio ambiente
Produção cientifica
Terra (Planeta)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IG - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_MariaJosedos_D.pdf2.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.