Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286518
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: A baixa classe média no Brasil sob a ótica social e ocupacional
Title Alternative: The low middle class under a social and occupational perspective
Author: Hofling, Daniel de Mattos, 1973-
Advisor: Quadros, Waldir José de, 1949-
Mello, João Manuel Cardoso de, 1942-
Abstract: Resumo: O presente trabalho discute a expansão recente (2004/2012) da Baixa Classe Média no Brasil e suas consequências na estrutura social e ocupacional. Partindo do suposto de que a estrutura produtiva conforma a estrutura social, analisou-se o desenvolvimento da economia brasileira a partir de 1930 objetivando compreender as transformações pelas quais passou para então entender sua atual conformação social. Dividiu-se a análise da economia brasileira em três períodos, dispostos em três capítulos: 1) o primeiro, entre 1930 e 1980, no qual observou-se a constituição da economia capitalista monopolista no país e a criação de uma miríade de ocupações típicas de classe média; 2) o segundo, entre 1980 e 2003, caracterizado pelo baixo crescimento calcado na progressiva desindustrialização e continuada desestruturação do setor público, no qual a precarização das ocupações e o aumento do desemprego foram a regra; 3) e o terceiro, cujo crescimento de curto prazo (2004/2012) sobre uma economia desmantelada por quase vinte e cinco anos de baixo crescimento econômico acarretou na expansão recente da Baixa Classe Média. Feito o estudo sobre a economia brasileira, o Capítulo 4 versou sobre a estrutura social e ocupacional (nas Grandes Regiões do país) derivada da expansão recente da Baixa Classe Média, além de observar a evolução da escolaridade desta camada. Por fim, o quinto capítulo analisou a literatura entusiasta sobre a "Classe C" ou "Nova Classe Média

Abstract: This Thesis discusses the recent expansion (2004/2012) of Low Middle Class in Brazil and its consequences in social and occupational structure. Starting from the assumption that the productive structure conforms the social structure, it analyzed the development of the Brazilian economy since 1930 aiming to understand the transformations that happened and then understand it current social conformation. It divided the analysis of the Brazilian economy in three periods, arranged in three chapters: 1) the first, between 1930 and 1980, in which there was the constitution of the monopolistic capitalist economy in the country and the creation of a myriad of typical middle class¿ occupations; 2) the second, between 1980 and 2003, characterized by low growth underpinned in the progressive de-industrialization and continued disruption of the public sector, where the precarious occupations and rising unemployment were the rule; 3) and the third, whose short-term growth (2004/2012) on an economy dismantled for almost twenty-five years of low economic growth led to the recent expansion of Low Middle Class. After the study of the Brazilian economy, Chapter 4 discussed the social and occupational structure (in the Major Regions of the country) derived from the recent expansion of Low Middle Class, and in addition observed the evolution of the education of this layer. Finally, the fifth chapter analyzed the enthusiastic literature about the "Class C" or "New Middle Class
Subject: Classe média
Estrutura social
Editor: [s.n.]
Citation: HOFLING, Daniel de Mattos. A baixa classe média no Brasil sob a ótica social e ocupacional. 2015. 1 recurso online ( 202 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286518>. Acesso em: 28 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Hofling_DanieldeMattos_D.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.