Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286456
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Os impactos das políticas públicas no mercado de trabalho da área cultural no início do século XXI no Brasil
Title Alternative: Impacts of públic policies in the labor market of the cultural área in the begginig of XXI century, in Brasil
Author: Villalta, Franco Galvão, 1987-
Advisor: Krein, José Dari, 1961-
Abstract: Resumo: A estratégia de sobrevivência dos agentes da cultura no mercado de trabalho da área está diretamente relacionada com as condições de realização da atividade cultural. No Brasil, durante o século XX, o desenvolvimento de políticas públicas logrou dar ensejo à criação de uma institucionalidade voltada para intervir no setor, no entanto, por conta da orientação ideológica dos governos e pela indisponibilidade de recursos, não foi bem sucedido em atender o amplo leque de demandas da esfera cultural. Nos anos 1990, permeado pelo processo de redemocratização e já incorporando as experiências neoliberais, o Estado encaminhou uma lei para fazer frente às adversidades herdadas do período anterior. Assim, por meio da Lei Rouanet, implementou-se a isenção fiscal como forma de aplicação de recursos na área, o que alterou significativamente não somente o conteúdo, mas também a forma de financiamento das atividades culturais. Este processo criou um novo mercado, o mercado de captação, cuja dinâmica recoloca as circunstâncias as quais os envolvidos no setor evem enfrentar para conseguir sobreviver. A hipótese desta pesquisa é que as novas condições de realização da atividade cultural, consubstanciadas na elevação das exigências burocráticas e em um novo tipo de expertise, se desdobrou na alteração na composição e características dos agentes da cultura, que se estruturaram em condições mais profissionais, porém em situação de absoluta insegurança e instabilidade

Abstract: The survival strategy of cultural agents in the labor market is directly related with the conditions of realization of the cultural activity. In Brazil, during the twentieth century, the development of public policies managed to give opportunity to the creation of an institutional corp to intervene in the sector, however, due to the ideological orientation of governments and the unavailability of resources, it wasn¿t successful on supplement all cultural needs. In the 1990s, immersed in the redemocratization process and already incorporating neoliberal experiences, the State implemented a law to supplant the adversities inherited. Thus, through the Rouanet Law, it was implemented a tax deduction mechanism to increase investments in the area, which changed significantly not only the content, but also the form of financing the cultural activities. This process created a new kind of market, the `catchment market¿, whose dynamic replaced the circumstances that those involved in this industry must face in order to survive. The hypothesis of this research is that the new conditions of realization of cultural activity, embodied in the rise of bureaucratic requirements and in a new type of expertise, restructured the composition and the characteristics of the cultural agents, which resulted in a more professional conditions, but in an absolute insecurity and instability labor situation
Subject: Furtado, Celso, 1920-2004
Políticas públicas
Cultura
Mercado de trabalho
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Villalta_FrancoGalvao_M.pdf3.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.