Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286412
Type: TESE
Title: Determinantes da adoção de variedades de algodão geneticamente modificado por pequenos produtores
Title Alternative: Determinants of genetically modified cotton adoption by smallholders
Author: Miyamoto, Bruno César Brito, 1988-
Advisor: Maia, Alexandre Gori, 1972-
Abstract: Resumo: A maior parte do algodão brasileiro é produzida em propriedades com área superior a mil hectares. Contudo, a cotonicultura ainda desempenha um papel importante na definição das condições socioeconômicas dos pequenos produtores, inseridos, majoritariamente, nas regiões menos desenvolvidas do Brasil, como o semiárido nordestino e o norte do estado de Minas Gerais. Nessas áreas, a pequena produção ainda persiste cultivando sementes de algodão branco, algodão colorido ou algodão geneticamente modificado utilizando sistemas de produção orgânico ou convencional. Ao contribuir para a redução de riscos e para o aumento de produtividade entre pequenos produtores, a adoção de sementes transgênicas de algodão vem sendo considerada como um elemento importante para atenuar as extremas desigualdades de desempenho entre a grande e a pequena cotonicultura. O objetivo central deste trabalho é identificar as características sociais, econômicas e produtivas que determinam a adoção de sementes transgênicas e de outros tipos de sementes, ou sistemas de produção, por pequenos produtores de algodão. Foi dada atenção especial às características que diferenciam os produtores de algodão transgênico ¿ Bt e RR ¿ e algodão não transgênico ¿ colorido, orgânico e branco convencional. Para cumprir o objetivo central foram analisadas as preferências reveladas e declaradas de pequenos produtores utilizando dados obtidos de 175 questionários aplicados nos estados da Bahia, Paraíba, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Goiás. A relação entre as preferências reveladas dos produtores pela semente ou sistema de produção e as múltiplas categorias de respostas qualitativas do questionário pôde ser melhor compreendida com o emprego da técnica de Análise de Correspondência Múltipla. Já a as preferências declaradas dos produtores em relação ao seu sistema de produção foram avaliadas por meio da Análise Conjunta. Os resultados do trabalho mostram, em primeiro lugar, que as preferências reveladas dos produtores expressam tanto as suas vantagens tecnológicas quanto o contexto socioeconômico no qual estão inseridos. Em segundo lugar, os resultados da Análise Conjunta mostram que os pequenos produtores de algodão, ao atribuírem maior valor de utilidade às sementes ou sistemas de produção que já adotam, apresentam uma elevada aversão a mudança

Abstract: Most of Brazilian cotton is produced in farms with an area bigger than one thousand hectares. However, cotton production still plays an important role in defining the socioeconomic conditions of smallholders that are mostly located in less developed regions of Brazil, as the semi-arid northeast and the north of Minas Gerais state. In these areas, small producers persists cultivating seeds of white cotton, colored cotton or genetically modified cotton using organic or conventional production systems. By helping to reduce risk and increase productivity among small farmers, adoption of transgenic cotton seeds has been considered as an important element to soften the extreme inequalities in performance between large and small cotton producers. The main objective of this work is to identify the social, economic and productive characteristics that determine the adoption of GM seeds and other seeds, or production systems, by small cotton producers. Special attention was given to characteristics which differentiate the producers of transgenic cotton - Bt and RR - and non-transgenic cotton - colored, organic and conventional white. To achieve the main objective of this study, the revealed and stated preferences of smallholders were analyzed using data obtained from 175 questionnaires applied in the states of Bahia , Paraiba , Rio Grande do Norte , Minas Gerais and Goias. The relationship between the revealed preference of the producers for the seeds or production system and the multiple categories of qualitative responses of the questionnaire was better understood with the use of Multiple Correspondence Analysis. The stated preferences of producers in relation to its production system were evaluated by the Conjoint Analysis. The results of the study show, first, that the revealed preferences of producers express both their technological advantages as their socioeconomic context. Secondly, the results of the Conjoint Analysis show that small cotton producers assign greater utility to seeds or production systems that they already adopt and therefore have a high resistance to change
Subject: Algodão
Organismos transgênicos
Sistemas locais de produção
Inovações tecnológicas
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miyamoto_BrunoCesarBrito_M.pdf1.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.