Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286410
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Algodão = redes, tecnologia e meio ambiente
Title Alternative: Cotton : networks, technology and environment
Author: Ramos, Josilene Andrade, 1987-
Advisor: Silveira, José Maria Ferreira Jardim da, 1955-
Abstract: Resumo: Desde a década de 1990 a cotonicultura brasileira vem apresentando crescimento, tendo a adoção de tecnologias, em especial variedades de algodão geneticamente modificadas, cujo seu cultivo foi liberado em 2005, como um grande fator no aumento da produtividade e redução dos custos e consequente retomada da cultura em antigas regiões produtoras desfavorecidas por crises que causaram a retração desta cultura. De salientar que o lançamento das cultivares está envolto a discussões sobre seus impactos ambientais. Embora se tenha observado o ressurgimento da cotonicultura em diversas regiões do país o cenário é ainda de grande disparidade produtiva entre as regiões do Centro ¿ Oeste e do Nordeste do país. O acesso à tecnologia, o nível de escolaridade, e o acesso à assistência técnica são os principais vetores das desigualdades. No que diz respeito ao acesso à tecnologia, pode-se afirmar que independentemente da maior ou menor disponibilidade de tecnologias desenvolvidas para os agricultores familiares, mostra-se necessário ter claro que a maior dificuldade principal refere-se à capacidade de inovar, e esta está relacionada não só à tecnologia em si, mas também à inserção nos mercados, condições de financiamento, disponibilidade de recursos, análise de risco, dentre outros fatores. Desse modo a criação de redes sociais entre os pequenos cotonicultores tem se mostrado como uma alternativa para que se tenha melhor acesso à tecnologia. É nesse contexto que a rede de cotonicultores de Catuti foi escolhida para ser o objeto de estudo desta dissertação na medida em que chama atenção por ser uma organização de pequenos produtores que retomaram o cultivo de algodão através da utilização de sementes transgênicas, e apresentar ganhos de produção, e plantio de forma sustentável. O estudo de caso mostrou através do software PAJEK, que a organização em forma de rede propicia ao elo de vários atores de naturezas distintas, o que por seu turno possibilita a inserção no mercado e a adoção de tecnologia por parte dos pequenos agricultores associados à Cooperativa de Produtores Rurais de Catuti (COOPERCAT)

Abstract: Since the 1990s the Brazilian cotton industry is showing growth, with the adoption of technologies, particularly genetically modified varieties of cotton, whose cultivation was released in 2005 as a major actor in increased productivity and consequent resumption of culture in ancient regions disadvantaged producers by crises that caused the decline of this culture. Please note that the release of cultivars is wrapped discussions about their environmental impacts. We observed a resurgence of cotton production in various regions of the country the scenery is still great disparity between the productive regions of the Mid - West and Northeast. Access to technology, education level, and access to technical assistance are the main vectors of inequalities. With regard to access to technology, it can be stated that regardless of the greater or lesser availability of technologies developed for family farmers, must have showed clear that most main difficulty relates to the ability to innovate, and this is related not only to technology itself, but also to the insertion in the markets, financing conditions, availability of resources, risk analysis, among other factors. Thus the creation of social networks among small cotton farmers has proved to be an alternative in order to have better access to technology. It is in this context that the network of cotton farmers Catuti was chosen to be the object of study of this dissertation in that it draws attention for being an organization of small producers who resumed the cultivation of cotton through the use of transgenic seeds, and present extraordinary gains production, planting and sustainably. The case study showed PAJEK through the software, the organization in network provides the link various actors of distinct natures, which in turn enables the insertion in the market and the adoption of technology by small farmers associated with the Cooperative Rural Producers Catuti (COOPERCAT)
Subject: Algodão - Cultivo
Organismos transgênicos
Meio ambiente
Redes sociais
Editor: [s.n.]
Citation: RAMOS, Josilene Andrade. Algodão = redes, tecnologia e meio ambiente. 2014. 117 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286410>. Acesso em: 25 ago. 2018.
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ramos_JosileneAndrade_M.pdf3.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.