Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286379
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Diferenças salariais entre os gêneros no setor público = evolução e principais determinantes
Title Alternative: Wage gap between genders in the Brazilian public sector
Author: Vaz, Daniela Verzola
Advisor: Hoffmann, Rodolfo, 1942-
Abstract: Resumo : O objetivo principal deste trabalho é estudar o hiato de rendimento observado entre os sexos no setor público brasileiro, investigando em que medida ele pode ser atribuído a diferenças nas dotações produtivas dos servidores, ao padrão diferenciado de inserção setorial e ocupacional das mulheres no mercado de trabalho e à discriminação sexual - seja ela ocupacional, hierárquica ou salarial propriamente dita. As hipóteses que se pretende verificar são as de que i) não obstante a adoção de práticas de recrutamento mais transparentes e a igualdade de tratamento graças ao sistema de carreira, também no setor público observa-se a segregação feminina nas ocupações e nos setores menos bem remunerados; ii) a crescente feminização do emprego público no período recente não impediu a persistência da segmentação por sexo no desempenho das ocupações. Para cumprir tal objetivo, o trabalho foi estruturado em cinco capítulos: i) o primeiro tem como finalidade identificar as características pessoais e os atributos produtivos que influenciam a probabilidade de um indivíduo ocupado no setor de serviços, na condição de empregado, ser servidor público no Brasil, destacando as diferenças observadas entre os sexos; ii) o segundo capítulo analisa a evolução da representação feminina nos diversos segmentos do setor público entre os anos de 1992 e 2008, à luz das modificações observadas na composição do Estado brasileiro e da crescente participação das mulheres no mercado de trabalho no mesmo período; iii) no terceiro capítulo analisa-se o comportamento do diferencial salarial por sexo, em favor dos homens, entre 1992 e 2008, investigando-se suas causas; iv) no quarto capítulo aprofunda-se a análise da segregação por sexo no desempenho das ocupações, acompanhando sua evolução no período 1995-2008 por meio do cálculo de medidas-síntese; v) por fim, no último capítulo aborda-se a questão da segregação vertical, por meio da revisão de trabalhos recentes e do estudo dos casos dos servidores da administração pública federal que ocupam os cargos em comissão do grupo DAS e dos docentes da Universidade Estadual de Campinas.
Abstract : The main objective of this work is to study the wage gap between genders observed in the Brazilian public sector, analyzing in which extent it can be attributed to the differences in productive endowments between workers or to the particular occupational and sectoral profile according to which women are incorporated in the work force or, finally, to gender discrimination - whether occupational, vertical or wage. The central hypothesis we intend to verify are i) despite the concerns of the public sector with the adoption of more transparent recruitment practices and with an egalitarian treatment to members of the same career, the female segregation into the occupations and the sectors of a lower pay grade is also observed in public organizations; ii) the increasing share of female participation in public service did not prevent the persistence of occupational gender segregation in the recent years. To reach such purpose, this work is structured in five chapters: i) the first one aims to identify the productive endowments and the personal characteristics that influence the probability of an employee of the tertiary sector in Brazil becoming a civil servant, highlighting the differences between genders; ii) the second chapter analyzes women's representativeness in the various sectors of public employment between 1992 and 2008, considering the changes observed in public sector, regarding the contributions in the branches of economic activities, and also the increasing female participation in the work force; iii) in the third chapter it is analyzed how the male-female earning differentials - favorable to the first ones - evolved between 1992 and 2008; their causes are also investigated; iv) the fourth chapter is a more detailed study of occupational segmentation between males and females, showing its evolution between 1995 and 2008 with the help of the computation of segregation indexes; v) finally, the last chapter treats the glass ceiling phenomenon, through the revision of recent papers and the analysis of two particular cases: the civil servants at central administration that occupy nomination-only positions and the professors at the University of Campinas.
Subject: Serviço público - Vencimentos
Mulheres - Segregação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vaz_DanielaVerzola_D.pdf2.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.