Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286366
Type: TESE
Title: Eco-inovação na universidade = uma análise das patentes da Universidade Estadual de Campinas
Title Alternative: University eco-innovation : The State University of Campinas patent analysis
Author: Barbosa, Rafael Kellermann
Advisor: Reydon, Bastiaan, 1957-
Reydon, Bastiaan Philip, 1957-
Abstract: Resumo: A dissertação utiliza dados patentários para discutir as principais características e determinantes da eco-inovação na Universidade Estadual de Campinas. A definição de eco-inonvação se baseia no conceito neo-shumpeteriano de progresso técnico e no debate econômico ecológico sobre o papel da tecnologia na construção do desenvolvimento sustentável. A revisão teórica a respeito deste tema indica que a tecnologia tem função essencial na construção do estado estacionário à medida que permite ao sistema econômico elevar a provisão de serviços mantendo estável o volume de matéria e energia consumido. Contudo, o uso das tecnologias deve observar a existência de limites ecossistêmicos. Limites esses que tem influenciado a dinâmica de geração de inovações através de sua ação sobre o ambiente seletivo, direcionando os agentes que integram o sistema nacional de inovação para a geração e adoção de soluções ambientalmente amigáveis. Sendo a universidade um desses agentes, foram usadas patentes para identificar se esta também está sujeita às mesmas influências. A análise descritiva das patentes depositadas pela Unicamp indica que a dinâmica inovativa da mesma guarda semelhanças e diferenças em relação às demais instituições. Mudanças institucionais/legais podem elevar a atividade patentária da universidade bem como a interação entre essa e as empresas privadas. Todavia, as pressões seletivas a que está sujeita a universidade geram respostas diferentes das observadas para a inovação em geral. Predominam as eco-tecnologias de processo em relação às de produto e tecnologias mais limpas sobre fim-de-tubo (end-of-pipe). Em relação às demais patentes desta universidade, as eco-patentes são mais licenciadas e tem maior proporção de parcerias, principalmente com instituições privadas. Além dessas conclusões pode-se extrair deste trabalho uma revisão teórica a respeito do uso de patentes e eco-patentes por universidades; uma proposta de classificação das mesmas que considera alguns preceitos econômico ecológicos; e uma breve descrição das percepção de alguns inventores da Unicamp a respeito da dinâmica eco-inovativa

Abstract: This work uses patent data to discuss State University of Campinas eco-innovation features and determinants. Eco-Innovation definition is based on technological progress neo-shumpterian concept and ecological economics debate concerning technology role on the sustainable development construction. Theoretical review indicates that technology is an essential aspect of steady-state economy construction as it allows service provision growth with constant matter and energy consumption. However, technology use must consider ecosystem limits. This limits has influenced innovation generation dynamics through its effect on selective environment, driving national innovation system agents towards environmentally friendly solution generation and adoption. Considering University one of its agents, patent data is used to identify if it is under the same sort of influence. Unicamp's patent descriptive analysis show's that it has both similarities and differences comparing to other institutions as private companies. Institutional and legal changes are able to increase university patent activities as its private firms interactions. Nevertheless, selective pressures impulse in university innovation creates different effects. They are predominantly eco-innovation product instead of process and cleaner technology instead of end-of-pipe. Compared to the others patent within the university, eco-innovations are more transferred and has larger share of collaborative initiatives, especially with private institutions. Beyond this conclusions this work provides a theoretical review concerning university patent and eco-patent use, as well as a classification standard's proposition witch attain economic ecological aspects and a brief description of Unicamp's inventors perception on eco-innovation dynamics
Subject: Universidade Estadual de Campinas. Unicamp Ano 40
Economia ecológica
Inovações tecnologicas - Aspectos ambientais
Patentes
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_RafaelKellermann_M.pdf6.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.