Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286348
Type: TESE
Title: A valoração econômica ambiental a partir da economia ecológica = um estudo de caso para a poluição hídrica e atmosférica na cidade de Volta Redonda/RJ
Title Alternative: The environmental valuation from the ecological economics : a case study for water and atmospheric pollution in the city of Volta Redonda/RJ
Author: Paiva, Roberta Fernanda da Paz de Souza
Advisor: Romeiro, Ademar Ribeiro, 1952-
Abstract: Resumo: O atendimento das demandas geradas pelo crescimento econômico e a ampliação das necessidades de consumo da população dão uma nova dinâmica ao contexto de exploração do meio ambiente. Maiores níveis de utilização dos recursos naturais e a convicção de que os recursos naturais são finitos (com o risco de perdas irreversíveis potencialmente catastróficas), difundida pelos economistas ecológicos, exigem a mudança dos paradigmas nos quais se baseia a gestão dos recursos naturais, até então apoiada principalmente em resultados de estudos que buscam realizar estimativas do valor econômico dos recursos naturais. Nesse contexto, a partir dos preceitos da economia ecológica, que inclui diferentes dimensões de valor que não a econômica e tem por objetivo a escala sustentável de utilização e a equidade na distribuição dos recursos naturais, além da eficiência alocativa, faz-se necessária a discussão de quão adequados são os estudos baseados na aplicação dos métodos convencionais de valoração para embasar a tomada de decisão. O presente trabalho teve como objetivo principal discutir sobre a capacidade dos métodos convencionais de valoração econômica ambiental (VEA) captarem o valor total dos ativos ambientais, a partir da apresentação dos conceitos da Economia Ecológica e dos valores que a mesma associa aos recursos naturais. Buscou-se mostrar, através da realização de estudos de casos (avaliação da poluição hídrica e atmosférica na cidade de Volta Redonda/RJ), um caminho para um protocolo de valoração econômico-ecológica, para que a mesma possa incluir questões imprescindíveis à gestão ambiental. Como principal conclusão tem-se que os estudos de valoração utilizados como base para os processos decisórios devem ser baseados em avaliações ecossistêmicas que forneçam informações sobre os serviços ecossistêmicos prestados pelo recurso avaliado e, a partir daí, possam ser selecionados métodos de valoração mais adequados (que podem ter seu fundamento nas preferências individuais, coletivas ou processos biofísicos) que possam captar as dimensões de valor (econômica, ecológica e sócio-cultural), seja através da base monetária ou não

Abstract: The attendance of the claims generated by the economic growth and the increasing of the population consumption needs give a new dynamic to the context of environment exploration. Higher levels of natural resources utilization and the conviction that natural resources are finite (with risk of potentially catastrophic irreversible losses) diffused by ecological economists, demand the change in the paradigms on which the question of the natural resources is based, until now mainly supported on results of studies that seek to carry out estimates of natural resources economic value. Within this context, from the ecological economy precepts, that includes different dimensions of value but the economic, and has as objective the sustainable utilization scale and the equity in the distribution of the natural resources, besides the allocative efficiency, one does the necessary discussion of how much suitable the studies based on the application of the conventional methods of valoration are to sustain the making of decision. The actual work had as the main objective to discuss about the capacity of the conventional methods of environmental economic valoration (VEA) to captivate the total value of the environmental assets, from the presentation of the concepts of the Ecological Economy, and of the values that it associates to the natural resources. One intended to show, by means of the realization of case studies (valuation of the water and atmospheric pollution in the city of Volta Redonda), a way to a protocol of economic-ecological valoration, so that it may include indispensable questions to the environmental questions. As the main conclusion one has that the studies of valoration utilized as the base to the decision process must be based on eco-systemic valuations that provide data about the eco-systemic services performed by the resource evaluated and, from this point, more suitable methods of valoration can be selected (that can have their background in the individual, collective preferences, or in the biophysical processes), that can captivate the (economic, ecological and socio-cultural) dimensions of value, whether by means of the monetary basis or not
Subject: Economia ecológica
Valoração ambiental
Ecossistema - Avaliação econômica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Paiva_RobertaFernandadaPazdeSouza_D.pdf2.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.