Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286315
Type: TESE
Title: Capital social e desenvolvimento sustentavel no sertão baiano : a experiencia dos pequenos agricultores do Municipio de Valente
Author: Nascimento, Humberto Miranda do, 1969-
Advisor: Romeiro, Ademar Ribeiro, 1952-
Abstract: Resumo: A presente dissertação de mestrado tem por objetivo avaliar a experiência de organização dos pequenos agricultores sertanejos do município de Valente, situado a 270 1an de Salvador, no Estado da Bahia. A Associação dos Pequenos Agricultores do Município de Valente (AP AEB- V alente) é uma organização socioeconômica articulada pela sociedade civil, gestada pelo movimento social da região sisaleira e apoiada por ONG's nacionais e estrangeiras. Tal experiência obteve êxito na viabilização de micros, pequenos e médios projetos econômicos (desde pequenas hortas e oficina artesanal de retalhos de tecido até uma micro-usina de beneficiamento do leite caprino e uma fábrica de tapetes e carpetes de sisal), visando a sustentabilidade dinâmica do território através da proposta de convivência com o semi-árido. Verificamos em nosso trabalho teórico-empírico que, através da organização, participação e articulação dos pequenos agricultores sertanejos, foi possível fomentar uma construção ativa de capital social e, conseqüentemente, promover uma revitalização das bases socioeconômicas do processo de desenvolvimento numa tradicional área sisaleira do Estado da Bahia. A AP AEB- Valente, portanto, é considerada por nós como um importante ator na construção de um modelo de convivência com o semi-árido e uma parceira indispensável em futuras propostas de políticas públicas que visem o desenvolvimento do sertão baiano

Abstract: This Master' s dissertation aims at evaluating the organizational experience of small sertanejo (hinterland) farmers in the municipality of Valente, located 270 km fiom the city of Salvador, in the state of Bahia. The Small Farmers' Association of the Municipality of Valente (AP AEB- V alente) is a socio-economic organization set up by the civil society, managed by the social movements ofthe sisal producing region and supported by national and intemational NGO's. This experience was successful in making micro, small and medium-sized economic projects feasible (fiom small vegetable gardens and textile handicraft shops to micro goat milk processing plants and small sisal carpet and mat weaving shops), envisioning the dynamic sustainability of the region through an improvement of the economic activities adapters to the harsh conditions of the semi-arid environment. In our theoretic-empirical study we analyzed the Social Capital and showed that, through the organization, coalition and active participation of the small sertanejo farmers, it was possible to stimulate the active construction of social capital and, as a result, promote the strengthening of the social, economic, ecologic and cultural bases of the development process of a traditional sisal producing area in the state of Bahia. The AP AEB- Valente, therefore, is considered by us as being an important agent in the building of a development model adapted to the environment of a semi-arid, as well as being a concrete positive reference for future public policy proposals for the sustainable development of rural areas in the state of Bahia
Subject: Associação dos Pequenos Agricultores de Estado da Bahia
Desenvolvimento sustentavel - Valente (BA)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:IE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nascimento_HumbertoMirandado_M.pdf4.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.