Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286085
Type: TESE
Title: Os organismos geneticamente modificados e os impactos no comércio internacional agrícola : uim estudo de caso da soja
Title Alternative: Genetically modified organisms and their impact on international agricultural trade : a case study on soy
Author: Oliveira, Paulo Ricardo da Silva, 1987-
Advisor: Silveira, José Maria Ferreira Jardim da, 1955-
Abstract: Resumo: Tendo sua produção comercial iniciada em 1996, os alimentos geneticamente modificados (GM) têm gerado, desde então, uma série de polêmicas que envolvem não só fatores de ordem científica, mas também de ordem econômica, política e social. Este trabalho trata, especificamente, da inserção comercial da soja GM na agricultura e os decorrentes impactos ocorridos na cadeia global de comercialização. Através do Método das Parcelas Constantes (Constant Market Share- CMS), decompõem-se as alterações do market share dos países em efeitos distintos, possibilitando o isolamento do efeito da inovação tecnológica e sua adoção sobre os destinos e as quantidades da soja exportada pelos maiores produtores globais. O estudo revela que, a adoção tecnológica por parte dos produtores, ocorrida em períodos distintos para cada país, e a rejeição comercial por parte de alguns mercados podem explicar de forma consistente grande parte das alterações nas relações comerciais entre produtores e consumidores tradicionais, ocorridas a partir de 1996. Ao contrário do que parte da literatura vem enfatizando sobre o comércio de alimentos GM, as barreiras legais, isto é, as proibições e moratórias de facto não tiveram papel importante nos desdobramentos que sucederam o caso da soja GM. Ademais, o trabalho tece considerações a respeito das tendências mais atuais, analisando como os efeitos sofridos pelo comércio internacional de OGM foram se perpetuando a despeito de mudanças nos padrões de oferta do produto e persistem até dias atuais. Evidências levantadas neste trabalho contribuem para compreensão e, consequentemente, para a formulação de políticas que permeiem a difusão de tecnologias com rejeição de mercado

Abstract: Genetically modified food has been being commercially produced since 1996. There are a number of controversies surrounding GM food that involve not only scientific issues, but economic, political and social ones as well. This thesis primarily discusses the introduction of genetically modified (GM) seeds into agriculture and the impact they have on the modus operandi of the international trade of agricultural commodities. An adapted Constant Market Share is used. This method makes it possible to analyze the increase or decrease in the market share of a country in terms of distinct effects, making it possible to identify the effect of technology adoption, in terms of destination and quantity, on the largest soybean producer's worldwide. The central finding in this thesis is that the technology adopted by producers, which took place at different time periods for each country, and the market rejection in certain countries, consistently explain the changes in the soybean market, in terms of exporters and traditional importers after 1996. Contrary to certain studies on the topic, it is argued that bans and de facto moratoriums on GM-Food importation have played no important role in explaining the case of GM soybeans. Furthermore, the thesis examines more modern trends, analyzing how changes in the international trade of GMOs continued over the years despite recent alterations in the demand and supply pattern. Findings from this thesis contribute to better understanding the diffusion process of technologies with market rejection and consequently to the development of political policies
Subject: Comércio internacional
Organismos transgênicos
Oferta e procura
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_PauloRicardodaSilva_M.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.